Recentemente, publicamos sinistros acontecimentos na Índia [VIDEO], onde habitantes de diversas aldeias relataram um fenômeno sobrenatural a respeito de um homem desconhecido. Segundo a população, ele faz as vítimas perderem a consciência para depois cortar o cabelo das mesmas.

A esquisitice, reportada no país desde a segunda quinzena de julho, lembra uma lenda urbana, dessas, que surgem de repente e são absorvidas pelas pessoas supersticiosas.

Contudo, na quarta-feira (2), o folclore do "barbeiro fantasma" resultou em tragédia, quando uma idosa de 60 anos morreu depois de ser linchada por residentes de uma aldeia vizinha.

Publicidade
Publicidade

Conforme o portal de notícias Hindustan Times, eles pensaram que ela tinha ido ao local para enfeitiçar as mulheres e cortar seus cabelos – veja a manchete.

Porém, familiares de Maan Devi esclareceram que ela saiu de casa naquele dia por volta das 4 horas da manhã e se perdeu no caminho. Ela acabou em um bairro nobre.

Segundo a nora da vítima, Kalpana Jatav, a velha senhora explicou o acontecido aos habitantes, mesmo assim, foi acusada de tentar enfeitiçar e cortar as tranças das moradoras. “Ela implorou que ela perdeu o caminho, mas eles tomaram como responsável por cortar o cabelo feminino na aldeia de Mutnai e a mataram", disse Kalpana ao Hindus Times.

Publicidade

Com objetivo de evitar histeria generalizada, autoridades negaram que a morte [VIDEO] estava conectada à lenda do “barbeiro fantasma”. Argumentaram que o espancamento aconteceu devido ao preconceito da idosa pertencer a uma casta inferior, os Dalits – pessoas marginalizadas na Índia, consideradas párias.

Inclusive, a polícia refutou a morte em decorrência do espancamento. "O relatório post-mortem de Maan Devi indica que ela morreu de parada cardíaca e não devido [a violência]", destacou o policial Tej Veer Singh.

Até o momento, ninguém foi preso. A fábula em torno de uma entidade misteriosa, às vezes descrita como homem, outras como um gato ou fantasma, continua a gerar histeria em massa, após ser relatado nos estados rurais de Haryana, Rajasthan, Delhi, Uttar Pradesh e Madhya Pradesh.

Segundo a imprensa indiana, praticamente todos os dias mulheres dizem acordar ouvindo barulhos semelhantes a tesouras e, quando abrem os olhos, enxergam gatos pretos em algumas ocasiões, e em outras, fantasmas ou sombras. Também vale ressaltar que, na maioria dos casos, as tranças são cortadas.

Autoridades continuam a negar a realidade de um hipotético evento sobrenatural. Ao que parece, mais casos serão relatados em breve. #Bizarro #India #sinistro