Publicidade
Publicidade

Um homem foi preso e condenado após causar grandes ferimentos na genitália de sua amante depois de uma fantasia sexual ter dado errada. O homem foi identificado como David Jeffers, de 47 anos, que fugiu de um hotel de Manchester, na Inglaterra, deixando sua parceira morrendo em uma cama depois que usou uma espingarda carregada e disparou na genitália da amante.

A vítima de 46 anos, que não pode ser identificada por motivos legais, informou seu parceiro de seus desejos sexuais via mensagem de texto alguns dias antes do incidente, o que a deixou com lesões graves em sua bexiga e órgãos reprodutores.

A vítima, que trabalhou como gerente em Stockport, havia arranjado e pagado por Jeffers para ficar com ela no Britannia Hotel na noite de 30 de janeiro, onde o casal consumiu bebida e drogas antes de manter relações sexuais [VIDEO].

Publicidade

Algum tempo depois, Jeffers, que vive em Harehills, Leeds, usou a #arma durante a fantasia sexual. Ele afirma ter encontrado a espingarda no banheiro do bar de Wetherspoon, na estação de trem de Leeds.

De acordo com o acusado, ele estava com o dedo no gatilho, mas o disparo foi acidental. Ao perceber que a vítima estava sangrando muito, o acusado vestiu-se e fugiu do hotel por uma saída nos fundos. Antes, ele telefonou para a recepção e informou um funcionário de que uma mulher havia sido baleada no quarto. Jeffers se dirigiu para a estação ferroviária de Piccadilly, onde pegou um trem de volta para Leeds.

Quando um empregado chegou ao quarto, a vítima estava desesperada relatando que iria morrer. Ela foi levada para um hospital de Manchester. A vítima passou por uma cirurgia de emergência, que salvou sua vida, mas ainda está se recuperando de ferimentos que mudaram a vida.

Publicidade

Nesta sexta-feira (4), no Tribunal de Manchester, o homem foi acusado e condenado de tentativa de assassinato. Ele foi declarado culpado de possuir uma arma de fogo com a intenção de pôr em perigo a vida de terceiro. Embora argumentando que o disparo foi acidente, Jeffers admitiu a culpa pelo ato como parte da fantasia sexual.

O acusado recebeu a sentença de 10 anos de prisão. O juiz descreveu como "uma fantasia sexual com terríveis consequências". O caso aconteceu na noite de 30 de janeiro. No quarto em que casal se hospedou, a #Polícia encontrou drogas e bebidas alcoólicas. Segundo os policiais, as câmeras de segurança do hotel mostram o casal na recepção pegando a chave para ir para o quarto, onde aconteceu o incidente. A arma usada no crime até hoje não foi encontrada. #relação íntima