Publicidade
Publicidade

Um homem foi preso pela #Polícia, na última sexta-feira (4), acusado de ter assassinado duas pessoas na cidade de Atlântico, na Colômbia. O acusado de ter cometido o duplo assassinato foi identificado pela polícia como Juan Carlos Garcia, de 42 anos. Ele é acusado de ter assassinado a tiros sua mulher, Sandra Castellanos, de 39 anos, e o amante [VIDEO] dela Noe Gomez, de 35 anos, dentro de sua residência. Segundo a polícia, o homem confessou o crime e disse que não se arrepende do que fez.

Conforme informações, o acusado, que trabalha como segurança na localidade, estava desconfiado que a esposa estava tendo um caso fora do casamento.

Publicidade

Então, ele decidiu fazer uma armadilha para flagrar o casal em seus momentos íntimos.

Segundo a polícia, os próprios vizinhos do acusado haviam relatado para ele que a esposa estava tendo um caso com Noe Gomez. No dia do flagrante, o homem saiu para o trabalho como de costume, mas não foi para o emprego, ficando na casada de um amigo. Por volta das 9 horas da noite, Garcia ligou para a esposa [VIDEO]e perguntou se os seus três filhos já estavam dormindo. A mulher disse que sim, pois, eles tinham que ir para a escola no dia seguinte.

Após alguns minutos, o homem retornou para sua residência. Ao entrar, ele encontrou o casal em momentos íntimos na cama [VIDEO]. Revoltado com a situação, o acusado sacou uma arma e efetuou vários disparos contra o casal. Em seguida, Garcia fugiu do local tomando rumo ignorado.

Publicidade

O socorro foi acionado por vizinhos, relatando que duas pessoas haviam sido baleadas. Quando a equipe chegou ao local informado, os socorristas não puderam fazer mais nada, o casal de amantes já estava sem os sinais vitais. Os corpos foram recolhidos e levados para a elaboração do laudo da causa da morte.

A polícia também esteve no local. Em seguida, fez uma ronda na localidade atrás do acusado. Após algumas horas, Garcia foi encontrado e preso no bairro Villa Maria de Soledad. Ao ser questionado sobre o duplo assassinato, o segurança acabou confessando ser o autor do crime. Segundo os policiais, o homem não demonstrou nenhum remorso por ter assassinado o casal. "Ela era infiel e manchava minha honra como um homem. Tudo o que fiz foi remover essa mulher, que destruiu minha vida neste mundo", disse o Garcia.

O acusado ficará preso até a realização das audiências no tribunal, que ainda serão marcadas. A polícia disse os filhos do acusado estão sendo cuidados por parentes. #Amante #casais