A polícia conseguiu prender o suspeito de drogar e sequestrar uma modelo britânica, com a intenção de vendê-la na internet para que o comprador a transformasse em uma escrava sexual. O suspeito tem 30 anos e a #Polícia conseguiu capturá-lo neste último sábado (05), em Milão, Itália. As autoridades italianas informaram que a intenção do sujeito era realizar um leilão virtual, para conseguir muito dinheiro.

A polícia achou melhor não revelar a identidade da moça, mas ela tem apenas 20 anos de idade. Ela chegou a receber do sequestrador, uma injeção de ketamina, que é utilizado também como droga. A modelo tinha ido a uma sessão de fotos, que na verdade era só um golpe armado para capturá-la mais facilmente.

Publicidade
Publicidade

Além do sequestrador, um outro sujeito teria participado no sequestro. Os dois tiraram as roupas da garota, tiraram várias fotos dela para publicar no leilão virtual e depois a amarraram, pela levá-la no porta-malas de um carro. A intenção era sair de MIlão e ir para uma região conhecida como 'Borgial', que fica em Piamonte, mais ao noroeste da Itália.

A polícia está iniciando as investigações agora, mas já descobriu que um dos objetivos do sequestrador, era conseguir cerca de 30 mil euros em Bitcoins. A vantagem de receber em Bitcoins, é que esta moeda é virtual e não teria como rastrear o dinheiro. Bastava ele criar sua carteira digital, fornecer o endereço, que na verdade é um código dificílimo e depois que ele recebesse o valor, poderia guardar a fortuna em Bitcoin e esperar valorizar ainda mais, ou poderia trocar o dinheiro por euro ou qualquer outra moeda.

Publicidade

No dia primeiro de agosto, o Bitcoin passou por uma espécie de divisão, mas mostrou que esta muito mais forte do que muitos imaginavam. É que os rumores são de que a moeda virtual sofreria uma forte desvalorização, mas o Bitcoin está é valorizando a cada dia. A #Mulher ficou algemada no cativeiro por seis dias. A polícia já sabe que vários leilões virtuais foram organizados.

Se o sujeito tivesse conseguido vender a modelo como escrava sexual e receber o dinheiro em Bitcoins, dificilmente a polícia conseguiria localizá-lo. O sequestrador foi preso depois de deixar a vítima próxima do consulado britânico. Ele teria dito aos policiais que a modelo tem um filho pequeno e que por causa disso não poderia sequestrá-la, pois é proibido pela 'Morte Negra', uma espécie de grupo que age na web, mas a polícia não está acreditando nesta história.