Publicidade
Publicidade

Quatro homens foram presos pela #Polícia na sexta-feira (13) acusados de estuprar uma menina [VIDEO] na aldeia de Kampung Daha Seroban, em Serian, a cerca de 50 km de Kuching, na Malásia. Os acusados de ter cometido o crime são parentes da vítima de 19 anos. Segundo a adolescente, ela era abusada pelo próprio avô, de 57 anos, o pai, de 42 anos, e dois tios, um com 26 e o outro com 28 anos, há mais de seis anos, desde que ela tinha apenas 13 anos.

Conforme informações divulgadas pela polícia, o caso veio à tona quando a vítima ficou grávida e foi internada hospital na última sexta-feira, onde os profissionais da saúde informaram a gravidez da jovem para as autoridades locais.

Publicidade

De acordo com o chefe da polícia, Datuk Dev Kuma, a jovem confirmou que foi estuprada pelo avô, pai e dois tios. A menina também disse que uma irmã de 14 anos também era estuprada pelos acusados.

“A menina disse que sua irmã mais nova vinha sendo estuprada desde que ela tinha 9 anos de idade [VIDEO]. Todos os incidentes ocorreram em sua casa”, disse o chefe da polícia. De acordo com ele, todos os envolvidos no crime são agricultores e moravam juntos na mesma casa. A polícia informou que a jovem está grávida de 22 semanas.

As duas garotas têm um irmão de 17 anos que também vive na mesma casa, mas agora está sob o cuidado de sua avó. A mãe das crianças morreu há muitos anos. Os suspeitos foram presos após o Tribunal de Kota Samarahan emitir um mandado de prisão contra eles.

O caso está sendo investigado de acordo com o Código Penal.

Publicidade

Os quatro suspeitos estão sendo acusados por incesto. Caso os envolvidos sejam condenados, eles podem pegar até 30 anos de cadeia e serão chicoteados na frente de uma grande multidão, de acordo com as leis do país. Segundo as autoridades locais, este é o segundo caso em Sarawak nas últimas semanas onde a vítima é violentada sexualmente [VIDEO] por vários membros da família.

No final do mês passado, cinco pessoas foram presas pela polícia acusadas de violência sexual contra uma adolescente de apenas 12 anos, na cidade de Limbang. Os acusados são o avô, de 76 anos, o pai, de 40 anos, e três primos com idade entre 16 e 21 anos.

Conforme informações divulgadas por imprensa local, os envolvidos foram acusados de 22 acusações de estuprar a menina em vários locais na aldeia onde moravam, perto de Limbang, entre novembro passado e junho deste ano. O julgamento dos envolvidos neste caso foi marcado para o dia 6 de setembro próximo. #Polícia Federal