Publicidade
Publicidade

No filme O Nevoeiro (2007), baseado na obra do mestre do terror Stephen King, uma #Névoa incomum avança sobre uma pequena cidade. Dentro dela, monstros bizarros sedentos de sangue impedem que a população, refugiada no mercado local, saia à rua.

Embora esse tipo de cenário esteja restrito aos filmes de ficção, uma misteriosa [VIDEO] névoa, que chegou de repente ao litoral de East Sussex (Inglaterra [VIDEO]), na tarde de domingo (27), causou verdadeiro pânico entre os turistas. Eles começaram a sentir fortes queimações nos olhos e gargantas, além de dificuldade para respirar.

Além das autoridades evacuarem as pessoas nos 25 quilômetros de praia, os banhistas, assim como filme, tiveram de procurar refúgio em casas e manter as portas e janelas fechadas para impedir o avanço da bruma.

Publicidade

“A polícia disse que uma ‘neblina’ desconhecida que vinha do mar e tinha deixado as pessoas ao longo da costa de Eastbourne até Birling Gap [precisando de ajuda]. Eles avisaram as pessoas na área para manter as portas e as janelas fechadas”, comenta o repórter Patrick Greenfield, do jornal The Guardian. O caso é destaque nos principais jornais do Reino Unido, nesta segunda-feira (28) – confira as manchetes.

Jonathan Hill‏, morador da região, conta, no Twitter, ter se surpreendido com a ordem de evacuação das praias.

Publicidade

“Pensei que era a febre do feno, até nos dizerem para fechar todas as janelas e portas, agora! #BeachyHead e #birlinggap evacuada!”, declara.

Outra vítima da bizarra névoa, James B‏, confidencia ter sentido ardência nos olhos. “Este produto químico na névoa, na cabeça de Beachy/Birling Gap, nos levou a ficar com ardor nos olhos”, fala.

Ao todo, 233 pessoas foram atendidas na região, de acordo com o Daily Mirror. Médicos os receberam em tendas instaladas na parte externa do hospital, trajando roupas protetoras. Os doentes ainda tiveram de trocar as vestimentas - veja vídeo e fotos.

Birling Gap foi a praia mais afetada pelo emblemático episódio.

Publicidade

Mistério permanece

O nevoeiro tóxico intriga até mesmo o chefe da Guarda Costeira do Reino Unido, Steve Carson. De acordo com ele, a única certeza é que a “neblina desconhecida” vem do mar. Porém, a origem da mesma permanece uma incógnita.

Todavia, a suspeita dela ter origem na França, suscitada por algumas autoridades, foi descartada nesta segunda-feira. Conforme o porta-voz da polícia do condado de Sussex, os modelos climáticos sugerem que uma fonte terrestre no norte da França “é muito improvável”.

Para o meteorologista Jay Merrell, uma embarcação no Canal da Mancha pode ser a responsável pelo evento. Contudo, ele enfatiza que até o momento não há evidências disso. As investigações continuam.

#Bizarro #Inglaterra