Um cena perturbadora foi vista por dezenas de pessoas quando estavam em um metrô na cidade de Toronto, no Canadá. As imagens fortes foram gravadas na sexta-feira (4) por um cinegrafista amador e mostram uma mulher agredindo o seu #animal de estimação, enquanto o trem seguia viagem.

Veja o vídeo postado no YouTube logo abaixo:

Sentada, ela agride o animal diversas vezes, que chegou a chorar. A sessão de espancamento abalou as pessoas, que ficaram ainda mais impressionadas com a crueldade da mulher quando, de repente, mordeu a cabeça do animal.

As cenas ainda mostram que o animal tentava fugir. Por esse motivo, recebia ainda mais punições da mulher tomada pela fúria incontrolável.

Publicidade
Publicidade

Ela dava broncas no animal e uma de suas frases captadas foi: "Pare agora, você me ouve!"

Ela se encontrava em estado de agitação, nervosa e o cinegrafista amador, identificado na plataforma de vídeo como Roxy Huang ,sugere que ela talvez estivesse sob os efeitos das drogas. Um outro rapaz, determinado a acabar com aquilo, chegou a repreender a mulher, dizendo: "Você tem que parar de bater em seu cachorro!"

A dona do cachorro então lhe respondeu: ''Perdão?'' Logo em seguida se mostrou na defensiva e disse: ''Quem é você e que m**** está falando?''

Outro passageiro ainda disse que ela continuou mordendo a cauda do animal após a repreensão. Três passageiros a levaram para fora do trem, disse ainda o cinegrafista. Apesar da cena forte que rodou o mundo, ainda não estão claras as condições do animal e da mulher.

Publicidade

O fato é que os passageiros do metrô ainda souberam lidar com a situação de uma forma muito educada, apesar da #covardia.

Cenas imperdoáveis

Muitos animais, até mesmo os considerados de raça e geralmente de valor superior, são vítimas de tratamento abusivo. Publicamos aqui um caso recente de uma cena de maus-tratos que quase terminou mal. Casos como esse acontecem no mundo todo e números não são divulgados, visto não haver uma pesquisa em conjunto com a sociedade.

Uma mulher, por exemplo, foi presa nas Filipinas após ser rastreada pela polícia local. Isso porque ela agrediu o cachorro com uma bota de salto de bico fino. E o pior: ela queria furar os olhos do pobre animal.

A pena para esse tipo de crime pode variar de país para país, mas geralmente coloca os agressores um bom tempo na cadeia para responder por seus atos.

Motivos não justificam

As agressões aos animais supera a capacidade da compreensão humana há séculos. É nítido o sofrimento dos animais, muitas vezes encontrados com as patas quebradas ou trincadas, focinho ferido ou escoriações pela pelo corpo e região da face.

Publicidade

Alguns donos de animais os agridem porque estão de ''saco cheio'' do animal, outros porque não entendem que os animais possuem seus instintos naturais, que querem apenas brincar.

De qualquer forma, muitas vezes os animais são encontrados abandonados à própria sorte, levando a outros agravamentos, como a saúde debilitada em suas múltiplas possibilidades e também submetidos a riscos, como, por exemplo, o de atropelamentos.

Casos em que se constata o abuso de agressão animal devem ser imediatamente comunicado à polícia. A denúncia, que pode ser feita de forma anônima, levará as autoridades para que se cumpra o que determina pontualmente a lei. #Cachorros