Publicidade
Publicidade

Um caso está chocando a Escócia. Um aluno virgem, após a formatura do Ensino Médio, acabou sendo levado para um motel pela própria professora. [VIDEO] Ela foi identificada como Isabelle Graham, de 28 anos, e tudo aconteceu na cidade de Whitburn, em um movimentado motel da região.

O aluno, que nunca tinha tido relações sexuais, era menor de idade, e, na Escócia, mesmo quando o sexo é consentido, o caso é visto como abuso moral. A transa dos dois aconteceu logo após o baile de formatura do Ensino Médio. O rapaz tinha 17 anos quando tudo aconteceu.

Estudante vai brincar com amigo em motel e encontra professora pelada

A situação está dando o que falar.

Publicidade

O caso apenas ficou descoberto, pois um dos colegas de classe do rapaz, que sabia que ele estava no motel, decidiu abrir a porta do quarto onde o garoto estava. Foi aí que ele viu uma cena que, certamente, não será esquecida tão cedo.

A profissional, que ensinava francês em uma escola de Ensino Médio, estava completamente nua na cama. Não demorou muito para que se descobrisse que a mulher era uma verdadeira pervertida. Ela enviava fotos sem roupa para o aluno através do WhatsApp. Mesmo assim, Isabelle Graham garante que é uma vítima.

Professora acusada de tirar virgindade de aluno menor de idade diz que foi drogada

Após fotografar a professora nua, o colega do rapaz que estava tendo sua primeira vez decidiu denunciar a mulher para a escola. Ela, que é casada com um britânico, ficou tão envergonhada, que decidiu pedir demissão da escola.

Publicidade

As imagens que ela enviava ao aluno, é claro, logo iriam parar na internet para o desespero da profissional. Em sua defesa, Isabelle diz que alguém colocou algo em sua bebida e que ela não lembra de absolutamente nada.

Testemunhas, no entanto, garantem que ela bebeu apenas quatro taças de vinho e que parecia muito bem quando deixou o salão de festa, estranhamente acompanhada do aluno.

'Me casei virgem', diz professora acusada de molestar aluno em motel, na Escócia

A mulher ainda diz em sua defesa que sempre defendeu a moral e os bons costumes e que até mesmo se casou virgem. Mesmo após o escândalo, ela continua tendo um relacionamento firme com o seu companheiro, que acredita que ela estava mesmo drogada no dia do flagrante.

Ele parece não ter ligado para as nudes enviadas por ela para o aluno. Câmeras de segurança do motel também foram analisadas e ela parecia estar completamente sóbria quando chegou ao local. #Estupro de professora #Aluno abusado