Alguns casos noticiosos acabam chamando a atenção de todo o mundo. Recentemente, uma notícia acabou se propagando como pólvora da internet. Ela foi dada com destaque por diversos meios de comunicação e tratava-se da zoofilia, que aqui no Brasil é uma prática proibida.

Um jovem de 22 anos, decidiu ter relações sexuais com sua cobra gigante, uma #Anaconda. Ninguém imaginava, mas o caso acabaria terminando em uma grande tragédia.

Jovem faz sexo com sua anaconda e acaba morrendo asfixiado

O fato aconteceu na cidade de Tampa, na Flórida, nos Estados Unidos, nesse fim de semana, mas apenas agora detalhes sobre ele vieram à tona e surpreenderam muita gente.

Publicidade
Publicidade

O homem é David Brown.

Ele adorava ter relações com animais, mas ninguém imaginava que ele praticava a zoofilia com apenas 22 anos. Após tentar fazer penetração com o animal, David acabou sendo estrangulado pela cobra gigante.

Ele estava tentando fazer sexo com o animal, quando tudo aconteceu. Pelo visto, dessa vez, o abusador acabou se dando muito mal.

Amigo encontra Brown nu e enrolado em cobra, após ato sexual com anaconda acabar em morte

O corpo do americano somente foi achado, pois um amigo foi até o seu apartamento. Ele levou um verdadeiro susto quando encontrou o corpo do rapaz sem roupa e enrolado na cobra gigante.

Brown ainda estava vivo, quando o seu amigo o viu. Paramédicos foram chamados, mas até o socorro, a cobra gigante já havia matado o seu dono estuprador. O serviço de emergência, que tem profissionais qualificados, ficou surpreso ao achar a cena do local.

Publicidade

Perícia constata que morto por cobra fazia penetração com o animal, antes de ser morto

Em depoimento à polícia, o amigo que encontrou Brown sem roupa e no chão confessou que sabia que ele tinha relações sexuais [VIDEO] com uma cobra, mas disse não imaginar que a relação poderia ser tão séria e acabar em uma grande tragédia.

Perícias foram feitas no corpo do rapaz e da anaconda, que acabou morta durante a tentativa de salvamento do rapaz. Os legistas chegaram à conclusão que realmente a cobra era usada constantemente para atos de zoofilia. Em um desses dias, ela se estressou e conseguiu ser mais forte do que o seu abusador, que acabou morto.

Zoofilia acaba em tragédia com Anaconda nos EUA

Ainda segundo os peritos, foram necessárias várias horas para poder realizar a separação das partes íntimas do rapaz e da cobra. O jovem tinha outros animais, mas não se sabe se ele fazia sexo com eles. #relação íntima