A morte de #Chester Bennington, vocalista do #linkin park, foi um baque para muitos fãs que acompanhavam seu trabalho desde o começo e nutriam por ele uma relação de amor intenso ao longo dos anos. O cantor da banda norte-americana cometeu suicídio no dia 20 de julho em sua residência, na cidade de Los Angeles, Califórnia (EUA). Chester vendeu milhões de discos, mas sofria de uma doença psíquica grave, a depressão.

Com a notícia do falecimento do ídolo do rock, que entoou em centenas de shows do Linkin Park megassucessos como ‘’Numb’’ e ‘’What I've Done’’, os fãs de Chester não reagiram bem. De acordo com o site da revista Cifras, especializada em música, pelo menos três fãs cometeram suicídio após a morte de Chester Bennington.

Publicidade
Publicidade

Os casos apavoraram os seguidores do Linkin Park, que imploram que as mortes parem. Os fãs pedem que outras pessoas não sigam o exemplo de Chester, que foi levado a um ato extremo contra si mesmo por conta de distúrbios mentais.

Fãs cometem suicídio após morte de Chester

A publicação afirma que a primeira pessoa que se matou e era fã de Link Park foi uma mulher, mãe de duas crianças e que trabalhava como enfermeira. A notícia chegou a ser divulgada pelo fórum online Reddit [VIDEO], que afirma que a inspiração da morte da suicida, que teve o nome ocultado, foi o jeito como Chester tirou a própria vida.

"Minha melhor amiga, que teve uma vida dura, sentiu a morte de Chester de um jeito muito forte e decidiu tirar a própria vida", teria dito uma das amigas da mulher em entrevista para o portal.

Publicidade

Já o segundo fã que se matou por conta da morte de Chester Bennington foi um adolescente de apenas 15 anos de idade. Ele moraria na cidade de Godoy Cruz, na Argentina. O site informou que quem divulgou a notícia inicialmente foi o jornal argentino Cronica. A polícia teria, então, relacionada a morte do jovem fã da banda com o suicídio de Chester.

O último caso identificado de alguém que tirou a vida inspirado em Chester Bennington, do Linkin Park, foi uma jovem chamada Melissa, que mora nos Estados Unidos, no estado de Delaware. O caso foi relatado pelo portal Alternative Nation [VIDEO], que disse que a fã fez uma publicação de ‘’adeus’’ sobre o Linkin Park dias antes de cometer suicídio.

"Significaria uma questão de vida ou morte se vocês pudessem me dar um autógrafo ou conhecer vocês. Estou vivendo por vocês e é urgente. Obrigado, Melissa", escreveu a fã de Chester. Não levou muito tempo até que o irmão da jovem escreveu no Facebook de Melissa que ela teria morrido.

Linkin Park posta carta emocionante a Chester

Antes do enterro de Chester, a banda Linkin Park divulgou uma carta ao amigo que fez parte de um dos grupos mais incríveis da história do rock internacional.

Publicidade

Em uma formação que nunca havia se separado desde o começo, o Linkin Park conquistou fãs ao redor do mundo e já veio para o Brasil fazer shows algumas vezes, arrebatando corações para seguir com eles eternamente.

Confira abaixo a carta escrita pelos músicos:

Em resposta, os fãs agradeceram pelo carinho que os colegas de Chester demonstraram e postaram mensagens carinhosas para confortá-los.

"Descanse em paz, meu amigo. Espero que você tenha encontrado o lugar que procurava agora. Luto", escreveu uma fã nos comentários do texto.

Procure ajuda

Se você está passando por um problema semelhante, não deixe de procurar ajuda. O suicídio nunca é a solução. O Centro de Valorização da Vida (CVV) atende e socorre milhares de pessoas que precisam conversar e falar sobre como se sentem.

Técnicos especializados em casos de depressão profunda e outros problemas irão lhe ouvir e ajudar. Ligue gratuitamente para o telefone 141 ou entre em contato em uma das unidades presenciais do CVV. #Famosos