Publicidade
Publicidade

Um jogo de futebol entre amigos, ao meio-dia, em 12 de agosto, resultou num belo e curioso fenômeno natural [VIDEO], responsável por transformar o dia em noite, no município de Ain Oussera (Argélia), na África do Norte.

Na ocasião, enquanto os jogadores estavam concentrados na bola, uma colossal nuvem de areia, de coloração vermelha, surgiu atrás deles.

A cidade, completamente envolvida numa escuridão de tons vermelhos, parecia ser palco de um cenário apocalíptico.

Publicidade

Assustados, tantos os jogadores quanto a plateia procuraram abrigo nas edificações ao redor da área.

Na gravação, feita pelo argelino Benkabel Slami, foi possível ouvir as pessoas gritando de medo, em árabe, enquanto as horripilantes nuvens envolviam o local na mais completa escuridão.

Além das luzes das casas e dos celulares, nada mais podia ser visto. Era noite em pleno dia. Provavelmente, esse tipo de acontecimento seria interpretado na Idade Média como uma espécie de manifestação divina, digna da fúria de Deus.

No entanto, não há nada de sobrenatural no evento. Na verdade, essas intensas tempestades de areia são frequentes no deserto do Saara, que abrange o território da Argélia entre outros países.

Publicidade

Nações próximas ao deserto podem sofrer influência dos fortes vendavais. E foi justamente isso que aconteceu enquanto o pessoal jogava uma descontraída “pelada” em Ain Oussera.

Porém, de acordo com o The Sun, tempestades monstruosas são capazes de levar as areias do Saara para países da Europa. Segundo o periódico, a Inglaterra já sentiu os efeitos dos ventos originados naquela região.

“A areia pode percorrer distâncias enormes e sabe-se que atingiu a Grã-Bretanha, causando a chamada chuva de sangue - quando as partículas se misturam com gotículas de água, deixando uma camada marrom enferrujada depois de evaporar”, comenta o jornalista Tom Michael.

Ainda que as causas do acontecimento sejam conhecidas, não há como negar a beleza e o pavor que somente as manifestações da #Natureza proporcionam ao ser humano, lembrando-nos que não estamos no controle do planeta.

Contudo, é provável que o acréscimo desses inusitados fenômenos tenham relação com a destrutiva atividade humana no Planeta.

Todavia, ainda que os governantes saibam que a sociedade global é responsável pelas mudanças climáticas, eles parecem ignorar o fato de que a natureza não precisa de nós, mas nós não vivemos sem ela.

Ao que parece, estamos condenados pela nossa própria soberba e ignorância.

#susto #Mudança do Clima