Residentes da maior cidade da Finlândia, Helsínquia, com 620 mil habitantes, ficaram intrigados com uma anomalia [VIDEO] no #Céu do município, na manhã desta quarta-feira (9).

Populares notaram, na falta de uma descrição melhor, um enorme “vórtice”, perfeitamente redondo. Ele surgiu sobre a área metropolitana de Helsínquia, às 8h30. Ao redor dele, um tapete de nuvens cobria o céu.

De acordo com informações do jornal local Iltalehti, o fenômeno, que durou cerca de 15 minutos, mexeu com a imaginação dos moradores. Susan Grönholm, testemunha do evento, disse que os habitantes estavam com medo até de questionar a origem do episódio – confira a manchete.

Publicidade
Publicidade

Embora ela não explicou o motivo do receio, talvez, os residentes temessem uma hipotética invasão alienígena, nos moldes do filme hollywoodiano Independence Day, quando nuvens bizarras sempre surgem antes das naves.

Susan ainda acrescentou outro aspecto curioso a respeito do #Clima. Ressaltou que não havia vento. Nas palavras dela: “o ar estava completamente parado”.

Apesar da impossibilidade em precisar com exatidão as causas da irregularidade, o Instituto de Meteorologia Finlandês opinou sobre o assunto.

Escreveu no Twitter, que uma mistura de baixas temperaturas, nuvens, chuvas, cristais de gelo entre outras peculiaridades atmosféricas, ocasionaram a bizarrice observada por dezenas de pessoas – veja abaixo.

Publicidade

Entretanto, internautas continuaram admirados com o alegado vórtice. Eles responderam a publicação do Instituto de Meteorologia, no microblog. Para o finlandês Kai Myrberg‏, PHD em Ciências Marítimas, alienígenas foram responsáveis pelo acontecido. “É claramente um UFO!”, afirmou.

Porém, a internauta Virpi Heikkilä disse estranhar o fato do vórtice aparecer no céu do país um dia após as ameaças nucleares entre Estados Unidos e Coreia do Norte. Para ela, parece ser o resultado de uma bomba nuclear.

Outra testemunha, zigomática, escreveu em sua conta do Instagram, ter visto algo “incrivelmente interessante no céu”, e acrescentou: “Talvez alguém esteja nos observando”.

Ainda que tudo seja apenas o resultado de situações atmosféricas diversas, cada vez mais pessoas em todo o mundo relatam cenas incomuns nos céus das nações.

Publicidade

Elas vão desde supostos “vórtices” a hipotéticas naves alienígenas disfarçadas nas famosas nuvens de estranha aparência Cumulonimbus.

Provavelmente o aquecimento global, ocasionado em grande parte pela interferência humana, tenha modificado a ordem natural das coisas, fazendo situações, antes consideradas raras, acontecerem de forma mais frequente. #anomalia