Mario Perivoitos era viciado em várias drogas. Ele tinha 41 anos e um cão de estimação, identificado como Major. Em um determinado dia, o cão, da raça bull terrier de Staffordshire, acabou ficando furioso e atacou o seu dono. Perivoitos foi morto de maneira terrível e sanguinária. O motivo, que parecia apenas ser um simples ataque de cachorro, mais tarde acabaria ganhando outros contornos.

Isso porque exames constataram que o cão matou seu dono após consumir #crack. A quantidade da substância da droga na urina do cachorro poderia ter tirado da sua situação de convivência normal. O caso foi noticiado pelo jornal ‘’O Globo’’, que repercutiu um importante documentário da BBC. [VIDEO] A morte do homem ocorreu quando a emissora britânica gravava com Perivoitos e ele teve um ataque epilético, o que deixou o seu cão ainda mais irritado.

Publicidade
Publicidade

Cão cracudo ataca dono após consumir droga na Inglaterra

O homem era usuário de drogas e teve um fim bem ruim. Ele foi atacado no pescoço pelo cão Major. Mario Perivoitos não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. O cão o atacou de maneira cruel e a morte é descrita como horripilante. Só que ainda há um detalhe que ainda não foi revelado. A morte do homem aconteceu quando ele estava preparado para dar uma entrevista para a BBC.

Tudo já estava preparado na casa dele e, inclusive, os jornalistas do canal britânico estavam a postos para conversar com o homem sobre drogas. Mas pelo visto, Major atacou o dono drogado antes que ele pudesse falar.

Viciado leva mordida mortal de cão e exames revelam: 'O cachorro estava drogado'

Perivoitos estava conversando com os jornalistas quando teve um ataque epilético.

Publicidade

Uma investigação foi aberta para apurar o caso. A Justiça de Londres acabou descobrindo detalhes sobre o que ocorreu. O homem teve um ataque epilético e o seu cachorro, que já havia ingerido crack, acabou ficando muito nervoso.

Joshua Haddow, o produtor do documentário sobre drogas da BBC, depois de várias tentativas, conseguiu retirar o cão de cima da vítima. Infelizmente. já era tarde demais. Perivoitos foi socorrido por uma ambulância, mas morreu logo depois de chegar ao hospital.

Laringe de viciado é destruída após ataque de 'cachorro cracudo'

Exames de urina foram feitos no cachorro e constataram que ele teria mesmo ingerido uma grande quantidade de drogas. Alguns sites falam em crack e outros em cocaína, mas certo mesmo é que especialistas garantem que o cachorro, em um comportamento normal, não faria nada disso.

Os exames mostraram ainda que o próprio Mario Perivoitos havia consumido cocaína antes de começar a conversar com a equipe de reportagem. #Cão ingere crack