No último dia 19, o México sofreu mais uma catástrofe, sendo atacado em cheio por um terremoto [VIDEO]que atingiu 7,1 graus. Desta vez, 343 pessoas perderam a vida, sendo: 204 na Cidade do #México, 45 em Puebla, 13 no Estado do México, 74 em Morelos, 6 em Guerrero e 1 em Oaxaca. Pela última contagem apresentada pelas autoridades do País, ao menos 38 prédios desabaram.

Durante longos dias, bombeiros e voluntários trabalharam no resgate de vítimas, localização de corpos e limpeza de locais. Neste período, uma cena cortou o coração de muitas pessoas e acabou repercutindo no país inteiro. Um cão, conhecido como Jacinto, não abandonou o local aonde seu dono acabou perdendo a vida, soterrado devido a queda de sua moradia.

Publicidade
Publicidade

Por mais de uma vez, ele foi retirado do local, porém minutos depois retornava, deitava em cima dos escombros e assim permaneceu até que o corpo fosse retirado.

"Por mais que tentássemos tirá-lo do lugar para remover os escombros, ele voltava e deitava justamente no local em que o seu dono de 97 anos perdeu a vida. Esta é uma mostra gigante de amor e fidelidade de um cão e seu dono falecido. O amor que pode tudo, o amor que não vangloria, transcende razões e explicações, vai além de entendimentos e, sobretudo, transcende a morte”, divulgou umas das testemunhas do ocorrido, Manuel Rivera Guzmán.

O fato ocorreu na cidade de Puebla, cidade próxima ao epicentro do #Terremoto. Trinidad, de 97 anos, acabou não conseguindo sair de sua casa no início do tremor. Sua esposa, Antonieta Peréz, de 85 anos, não estava em casa.

Publicidade

Havia saído para alimentar animais do casal. Com isso, acabou não sendo vitimada por conta do desabamento.

O México vem sofrendo abalos há alguns dias. O mais forte aconteceu duas semanas antes, atingindo o surpreendente nível de 8,1 graus. Por ter ocorrido na região sul do país, longe da capital, o número de pessoas que perderam a vida foi menor, mas isso não diminui o tamanho da tragédia. Ao menos 100 pessoas morreram.

Por conta desses eventos, o presidente Enrique Peña Nieto emitiu um comunicado aonde cita que os prejuízos estimados chegam em U$ 2 bilhões de dólares, por volta de R$ 6,2 milhões de reais. Esses números ainda estão sendo apurados e provavelmente possam superar as cifras apuradas até o momento.

Os tremores ainda não cessaram, porém em menor escala. O receio da população é que novos tremores em alta escala possam vir a ocorrer. Centros de estudos continuam acompanhando a situação. #Mundo