Conforme relata uma matéria publicada nesta sexta-feira (1) pelo jornal britânico Daly Mail, duas jovens mulheres tailandesas foram presas e estão enfrentando um julgamento nesta semana, podendo pegar até cinco anos de prisão depois de fazerem um strip-tease ao vivo no #Facebook. O vídeo foi gravado no dia 23 de agosto. As jovens, identificadas como Thanyakan Rojin, de 23 anos, e Kanthicha Buranon, 21, foram presas por violarem as leis anti-pornografia da cidade de Bangkok, na Tailândia. O vídeo [VIDEO] das duas jovens foi visto por milhões de pessoas.

Perante o tribunal, as jovens pediram desculpas, alegando que fizeram o vídeo apenas para levantar dinheiro para ajudar suas famílias.

Publicidade
Publicidade

O vídeo foi divulgado na página do Facebook de um site de apostas de futebol. O vídeo já começa com as duas jovens dançando apenas de calcinha, sem sutiã. Em determinado momento do vídeo, as jovens estão completamente nuas e usam brinquedos de pelúcia para cobrir suas partes íntimas [VIDEO]. De acordo com a imprensa local, a pornografia é ilegal na Tailândia desde os golpes militares em 2006 e 2014, e o governo fez várias tentativas de restringir o acesso à internet.

A #Polícia emitiu um mandado de prisão para as duas amigas, que se entregaram nesta sexta-feira, no bairro de Bang Khen, em Bangkok. As duas garotas pediram desculpas e explicaram que se despiram na tentativa sustentar seus pais, atingidos pela pobreza. "Eu não queria fazer isso, mas eu precisava ganhar dinheiro para cuidar da minha família.

Publicidade

Eu também preciso ajudar a pagar para enviar meus irmãos mais novos para a universidade. Peço desculpas, desculpe por dar um exemplo ruim aos jovens. Isso ficará comigo para sempre”, disse Thanyakan Rojin. As jovens relataram à polícia que tinham que dançar juntas sem roupas online e, em troca, receberiam dinheiro de diferentes empresas.

Segundo as jovens, quanto mais audiência elas alcançassem, mais dinheiro iriam receber. "Nós tiramos nossas roupas para obter mais atenção e mais dinheiro. Sinto muito”, disse Kanthicha. Jogos e pornografia [VIDEO] são proibidos na Tailândia. As meninas foram multadas em 75 mil baht (cerca de R$ 6.400), e o caso contínua sendo investigado.

"Fazer material pornográfico e obsceno e compartilhá-lo online é ilegal. Haverá uma investigação completa e uma audiência judicial para decidir o castigo no futuro", disse o coronel Amnat Intarasuran. Caso as jovens sejam condenadas, elas podem ser multadas em 10 mil baht (cerca de R$ 824), ou serem condenadas a até cinco anos de cadeia.

Veja o vídeo do incidente

#Tailandia