Publicidade
Publicidade

Duas enfermeiras que trabalham no Hospital Naval Jacksonville, que fica na Flórida, nos #Estados Unidos, publicaram em um perfil do Snapchat, fotos e vídeos maltratando recém-nascidos [VIDEO]durante o horário de trabalho.

As enfermeiras que foram identificadas como Allyson Thompson e Joanie Barrett, fizeram duas postagens no perfil do Snapchat de uma delas. Na primeira postagem, que é um vídeo, uma delas aparece levantando o bebê, o manipulando como se ele fosse uma marionete, o fazendo dançar a música 'In Da Club', do 50 Cent. Na outra postagem, que é uma foto, a segunda enfermeira aparece fazendo um ato obsceno, mostra o dedo do meio para o bebê e o ofende chamando de 'mini satã', na descrição da foto postada.

Publicidade

No Snapchat, as postagens tiveram poucas visualizações, entretanto, o caso viralizou no #Facebook, onde teve milhões de visualizações e se espalhou pelo mundo [VIDEO], deixando vários internautas irritados, muitos deles revoltados e insatisfeitos com a situação.

Também ficaram revoltados e inconformados com as atitudes das enfermeiras, os familiares dos bebês e a administração do hospital.

Imediatamente, o Hospital Naval, assim que soube do ocorrido, se pronunciou sobre o caso e divulgou nota no Facebook, informando que as enfermeiras responsáveis pelos vídeos maldosos com os recém-nascidos foram identificadas, que o comportamento das duas foi ofensivo, que esses tipos de atitudes não são toleradas, nem fazem parte do código de conduta proposto pelo Hospital, e, por isso, elas foram afastadas dos cargos que ocupavam.

Publicidade

O hospital também informou que, foi aberto procedimento administrativo para investigar o caso, bem como ambas foram denunciadas para a Polícia, que também abriu um inquérito para investigar o caso, e que possivelmente serão responsabilizadas pelos atos infracionais que cometeram. Confira a nota:

Tanto os pais dos recém-nascidos que aparecem nas imagens, quanto a população de Jacksonville pedem a demissão sumária das enfermeiras, que eram as responsáveis pela guarda dos bebês e deveriam praticar suas atividades com carinho, zelo e amor, pois os bebês são seres indefesos e necessitam de cuidados especiais, entretanto, Allyson e Joanie só pensaram na fama instantânea que poderiam ter.

Após o afastamento do Hospital Naval, as enfermeiras estão cumprindo suas atividades na Marinha sendo supervisionadas pelo corpo médico da instituição.