Publicidade
Publicidade

Hamza bin Laden, filho do terrorista #Osama bin Laden, reapareceu nesta quinta-feira (14), após um grande período sumido da mídia. A volta de Hamza foi marcada por muitas ameaças e também mensagens fortes. O herdeiro do fundador da Al-Qaeda convocou os muçulmanos para participarem de uma nova guerra religiosa na Síria, em um momento em que a região já vive uma grande tensão, graças ao Estado Istâmico.

Hamza era uma espécie de filho favorito do terrorista que atacou os Estados Unidos em 2001. A mensagem gravada do herdeiro de Bin Laden aparece poucos dias pós o atentado terrorista do 11 de setembro ter completado 16 anos.

Filho de Bin Laden ameaça o mundo ao convocar uma nova Jihad

O anúncio teve grande repercussão nas redes sociais.

Publicidade

A convocação é contra as ordens do acidente, cujo líder maior é os Estados Unidos. A novidade surpreendeu muita gente, que usou as redes sociais para comentar a informação, que foi repercutida pelos mais variados veículos de comunicação do planeta.

"O grande problema é que quem morre são pessoas que não tem nada ver com essa guerra maldita, que Deus possa impedir pessoas inocentes destes bárbaros ignorantes com seus ideais absurdos", disse um internautas brasileiro ao utilizar a página do G1, que repercutiu o reaparecimento de Hamza Bin Laden.

Mesmo com pai morto pelo Exército americano, Hamza parece não ter medo do perigo

Hamza tem se preparado desde que nasceu para substituir o seu pai. Desde muito pequeno, ele convive com o terrorismo. Ele viu mortes e também o pai atacar os Estados Unidos, mas em 2011, o país que era governado por Barack Obama, em uma incursão no Paquistão, fez o seu ato de vingança.

Publicidade

O Exército americano executou Osama Bin Laden e fotos dele morto são facilmente encontradas nas redes sociais.

Não é a primeira vez que Hamza aparece. Em outras oportunidades, ele já tinha mostrado um discurso forte e quase sempre ameaçando o ocidente, a quem parece odiar, assim como o seu pai.

Herdeiro de Bin Laden pede guerra por Deus contra o ocidente

O antigo braço sírio da Al-Qaeda, conhecido como Frente Al-Nusra anunciou no ano passado o fim do vínculo com a organização radical sunita e a mudança de seu nome para Frente Fateh al Sham. Lembrando que a Al-Qaeda e o Estado Islâmico são inimigos na região.

Os grupos fazem disputas de território na região. Milhares de pessoas inocentes, que não tem nada a ver com os conflitos, acabaram sendo mortas nessa guerra. #Filho de Bin Laden