Um ataque terrorista aconteceu na cidade de #londres na manhã desta sexta-feira, dia 15 de setembro. Uma explosão no metrô da cidade acabou gerando destroços e machucando pessoas. Ao total, já são confirmados 22 feridos que foram levados aos hospitais locais a fim de serem medicados. Por enquanto, entretanto, a polícia local não liberou nenhuma informação de morte gerada pelo episódio desta amanhã.

Segundo os policiais que estiveram no local, foram instaladas bombas (até o momento, foi encontrada apenas a bomba que já explodiu e gerou os ferimentos nos indivíduos, mas o esquadrão de bombas local acredita que ainda exista uma segunda instalada) dentro de um vagão no metrô e, em determinado momento da manhã de hoje, uma explosão aconteceu gerando feridos [VIDEO].

Publicidade
Publicidade

Ainda não se sabe como a bomba se ativou.

A polícia só foi acionada para se dirigir ao local por volta das oito horas e vinte minutos da manhã, após receber ligações de feridos. No Brasil, o horário é equivalente às 4h20, horário de Brasília.

O incidente ocorreu na estação de trem 'Parsons Green' em um vagão que se dirigia para a região central da cidade. A estação afetada fica exatamente na 'District line', que encaminha os passageiros ao bairro de 'Wimbledon', onde se promove e se concorre ao maior e mais importante torneio de tênis do mundo. Segundo as autoridades locais competentes do assunto, a bomba que explodiu não atingiu sua capacidade máxima de fogo, fato que ajudou a gerar menos vítimas para o atentado.

Confira imagens do atentado abaixo:

O prefeito da cidade de Londres, Sadiq Khan, em anúncio feito nesta sexta-feira, (15), disse condenar o atentado na estação de metrô de 'Parsons Green' e completou afirmando que bem como todas às vezes em que Londres sofreu #Terrorismo e a cidade se levantou, desta vez o mesmo acontecerá.

Publicidade

O terrorismo, segundo o político da cidade, não vencerá esta batalha. A informação vem da Agência EFE, empresa de publicação oficial inglesa.

"A Polícia Metropolitana confirmou que a explosão esta manhã em um vagão na estação de Parsons Green foi tratada como um incidente terrorista", declarou Khan por meio de um comunicado.

O prefeito também complementou que a cidade de Londres condena todos os indivíduos que tentam, ao utilizar do terrorismo, causar danos e destroços à vida. Disse também já estar em contato com a polícia local e com o governo a fim de de debater o assunto. Na tarde de hoje, o prefeito pretende se encontrar com a primeira-ministra Theresa Mai.