Savanna LaFontaine-Greywind estava grávida de 8 meses e radiante pela chegada do seu primeiro bebê. Infelizmente, a gestação dela não teve um final feliz. Pelo contrário, a jovem de apenas 22 anos acabou sendo assassinada nos Estados Unidos. O mistério do assassinato foi descoberto dias depois pela mãe de Savanna, Norberta Greywind.

O motivo da morte era o sequestro da criança que a jovem esperava e quem a matou e ficou com o bebê foram os vizinhos da moça. O caso aconteceu na cidade de Fargo, na Dakota do Norte, nos Estados Unidos. O crime chocou a região e teve repercussão mundial.

Grávida de 22 anos é morta por vizinhos para sequestro de bebê nos Estados Unidos

A grávida desapareceu no mês de agosto, como mostra uma reportagem do portal de notícias R7 sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade

O sumiço dela foi estranho e ninguém entendia bem o que tanto poderiam querer com ela. As investigações começaram, mas não andavam. Foi o poder e força de vontade da mãe que fez o caso ganhar um novo viés.

Norberta decidiu ir aos locais que a filha visitava e entender qual era o caminho que ela sempre fazia. Quanto mais ela procurava, mais detalhes tenebrosos acabava descobrindo. A mãe da garota lembrou que a filha, dias antes, tinha ido participar de um projeto de costura. A jovem seria modelo para uma espécie de editorial com mulheres grávidas.

Corpo de grávida foi achado em rio já sem o bebê dentro

No entanto, ao invés de participar da prova de vestidos, a mulher acabou sendo vítima de um ato bárbaro. Demoraram oito dias até que o seu corpo fosse encontrado. Ele estava jogado próximo a um rio, envolto de um plástico que tentava tampar os seus restos mortais.

Publicidade

O corpo estava amarrado a um tronco. Médicos legistas constataram que ela já não estava mais com o bebê e, a partir daí, a motivação foi entendida como um sequestro da criança.

Bebê foi sequestrado por casal de vizinhos, que confessou tudo

Foram feitas revistas na casa dos acusados, a fim de que a criança fosse encontrada e no apartamento dos vizinhos foi achado um neném. Ainda não se pode ter certeza se a criança é a mesma da #Grávida assassinada. A polícia ainda está confirmando a identidade, mas os próprios criminosos confessaram ser a filha da vítima e o pai da criança já forneceu sangue para exames de DNA.

Brooke Lynn Crews e William Henry Hoehn, os vizinhos do mal que cometeram tamanho crime, agora estão presos na expectativa da condenação que devem ter diante da ação maléfica. #Bebê Sequestrado