O furacão José, que estava atrás do furacão Irma, voltou a ganhar força nesta sexta-feira (15) e ameaça a Costa Leste dos Estados Unidos, especialmente as regiões de Nova York, Nova Inglaterra ou províncias marítimas do Canadá.

O José encontra-se na categoria 1, segundo a escala de Saffir-Simpson, considerada a mais fraca. A força dos ventos do furacão na Costa Leste dos #EUA pode chegar a velocidade máxima de até 120 km/h, segundo informações do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos. A tempestade encontra-se a 785 quilômetros a Sudoeste de Bermuda, no Caribe.

Na madrugada desta sexta (15), o furacão tinha sido rebaixado a tempestade tropical, conforme relatado pela rede de TV norte-americana CNN, mas o José ganhou força.

Publicidade
Publicidade

A CNN também disponibilizou ferramentas para que o internauta pudesse ter detalhes técnicos de todo o movimento do furacão. O site da rede acrescentou que o José pode chegar aos Estados Unidos na semana que vem, e que os próximos 5 dias podem ser cruciais para que o furacão atinja seu ápice.

Até o presente momento, os ventos são de 120 km/h, estando localizado na latitude de 27.4º ao Norte e longitude de 71.0º ao Oeste, movendo-se ao Noroeste dos EUA. Estes dados devem ser atualizados conforme o furacão for avançando.

Conheça um pouco sobre as regiões que poderão ser afetadas pelo furacão

Nova York ou Nova Iorque é a cidade mais populosa dos Estados Unidos, sendo a terceira cidade mais populosa da América atrás apenas de São Paulo e Cidade do México. Seus pontos mais famosos são a Time Square, o mercado imobiliário de Manhattan, a sede da Organização das Nações Unidas (ONU) e o Central Park.

Publicidade

A cidade conta com inúmeros colégios e universidades, entre as mais famosas as universidades de Colúmbia, e Nova York e a Rockefeller, classificadas entre as 100 melhores do mundo.

A Nova Inglaterra é uma região extraoficial composta por 6 estados: Connectcut, Maine, Massachusetts, New Hampshire, Rhode Island e Vermont. Boston, capital de Massachusetts, é o centro econômico e cultural, além de ser a cidade mais populosa do estado.

As províncias marítimas do Canadá situam-se nas margens do Golfo do São Lourenço: Ilha do príncipe Eduardo, Nova Brunswick e Nova Escócia. Estas regiões já não fazem parte dos Estados Unidos da América, mas, sim, do Canadá.

Além dos ventos, a passagem do José poderá provocar inundações por causa do impacto da tempestade, e principalmente por conta do mar.

#Desastres #Furacão Jose