Publicidade
Publicidade

O mundo viu com grande alegria a notícia da terceira gravidez [VIDEO]de #Kate Middleton, chamada por muitos de 'Princesa'. A duquesa, que é casada com o Príncipe William, encantou até mesmo a rainha Elizabeth com a notícia de que, com mais de 50 anos de reinado, teria mais um neto. O bebê [VIDEO] virou manchete no Reino Unido, como mostra uma matéria desta quarta-feira (6), pelo portal de notícias R7, não só pela alegria da família real, mas também porque a princesa vem sofrendo de hiperêmese gravídica que, se não tratada, coloca em risco a própria gravidez.

Entenda a terceira gravidez de Kate Middleton

Kate Middleton tem a chamada hiperêmese gravídica.

Publicidade

A doença faz com que a mulher, que está na expectativa do nascimento do bebê, tenha mais enjoos e náuseas. O problema pode parecer leve, mas especialistas garantem que não é, já que atinge a mulher, justamente quando o bebê está se formando na barriga da mãe, nos seus primeiros meses. Até antes do sexto mês de gestação, qualquer problema pode se tornar importante para uma grávida.

Kate Middleton tem hiperêmese gravídica e, caso não trate doença, pode perder o bebê real

Segundo a médica ginecologista obstetra de São Paulo, Maria Elisa Noriler, a princesa precisa sim ter cuidados médicos. O Palácio inglês, inclusive, revelou que Kate estava tendo todo o auxílio médico por lá mesmo e ela deve evitar grandes deslocamentos. Maria Elisa explica que, durante a hperêmese, a grávida chega a vomitar cinco ou mais vezes por dia.

Publicidade

Isso, além de todo o desconforto, vai fazendo com que o corpo fique desidratado e a mulher mostre fraqueza.

Os males da hiperêmese gravídica, a doença da duquesa Kate Middleton

A mulher, ao vomitar tantas vezes, acaba tendo pressão baixa e até mesmo desmaios. Isso é prejudicial para a criança, que está na busca de nutrientes para a sua formação. Geralmente, os sintomas ocorrem devido a uma reação a um corpo estranho em decorrência aos hormônios da placenta (o Beta HCG). A médica que conversou com o R7 também explica que a hiperêmese pode aparecer quando a paciente passa por um problema emocional, como um estresse, por exemplo.

A expectativa para o terceiro bebê de Kate Middleton

A médica explica que Kate Middleton deve evitar situações de estresse. Por isso, o repouso e uma alimentação bem balanceada são ainda mais indicadas no caso dela. Os súditos da família real da Inglaterra torcem para que o terceiro bebê de Kate e William nasça bem e com a maior saúde possível. #gravidez de risco #Europa