Foi confirmada na manhã desta segunda-feira (4) a terceira gravidez de Kate Middleton, duquesa de Cambridge. O anuncio foi feito pelo Palácio de Kensington devido ao cancelamento de uma visita que a futura mamãe teria que fazer a um centro de crianças em Londres. Ainda no inicio da #gestação, os duques pretendiam demorar mais um pouco para soltar a novidade, mas, devido aos constantes enjoos de Kate, que até chegou a ser hospitalizada e as desmarcações de compromissos, tiveram que antecipar o anuncio.

Kate Middleton sofre de hiperêmese gravídica [VIDEO], o que causa muitos enjoos e náuseas. Em alguns casos, a gestante perde bastante peso, podendo, por isso, chegar à desidratação.

Publicidade
Publicidade

Os sintomas acontecem bem no inicio da gestação, mas podem durar pelos nove meses.

A esposa do príncipe William já passou por esse transtorno por ocasião da gravidez de seu primogênito, o príncipe George, e a caçula, princesa Charlotte, Por esse motivo, terá que ficar em repouso absoluto, não podendo continuar com sua agenda de compromissos.

Os duques de Cambridge sempre deixaram claro o desejo de aumentar a família. Eles queriam ao menos três bebês reais e de preferência com idades bem próximas. Portanto, nenhum dos súditos se surpreendeu com a feliz notícia. Ainda não foi revelado de quantas semanas Kate está #Grávida nem tão pouco se sabe o sexo da criança que está a caminho.

O que se sabe é que o bebê real será o quinto na linha de sucessão ao trono. Quanto ao nome escolhido, ainda está sendo mantido em segredo, mas provavelmente deverá seguir a linha dos nomes reais, assim como seus irmãos.

Publicidade

De acordo com informações do palácio, a rainha Elizabeth II e as famílias estão encantados com a chegada do novo membro real. "Estou muito, muito feliz por eles", disse o príncipe Harry, com um sorriso no rosto quando de sua visita à Manchester. O anúncio da gravidez da duquesa foi feita em meio às comemorações dos 20 anos da morte da princesa Diana, e o príncipe William faz questão de lembrar e contar para seus filhos, preservando, assim, a memória de sua adorada mãe.

Lady Di, a "princesa do povo"

As comemorações pelo aniversário do 20º ano de morte da princesa Diana aconteceram na sexta-feira, no dia 31 de agosto. Lady Di morreu num acidente automobilístico quando estava na estrada ao lado do namorado, o milionário egípcio Dodi al-Fayed, fugindo dos paparazzi.

O carro chocou-se contra um pilar do Túnel Alma, em Paris, na França. Ao redor do mundo, os admiradores da princesa organizaram homenagens e fãs foram ao Palácio de Kensington, onde depositaram flores e cartões demonstrando a saudade que sentem da "princesa do povo".