Já mostramos aqui neste portal de notícias diversos casos envolvendo crianças e adolescentes passando por situações de vergonha ou vexame, muitos desses casos resultando em tragédias. Foi o que aconteceu nesta semana na Índia.

Segundo informações da polícia indiana, uma jovem de apenas 12 anos teria cometido suicídio após passar por uma situação constrangedora dentro da sala de aula. A jovem se sentiu humilhada após uma professora comentar sobre uma mancha de #Menstruação que estava em seu uniforme. A professora usou a situação para comentar sobre o tabu da menstruação na Índia moderna.

A menina, ainda se sentindo humilhada, foi até um prédio na mesma rua de sua casa, no estado indiano de Tamil Nadu, e lá teria se jogado do alto, cometendo suicídio.

Publicidade
Publicidade

Quando as autoridades policiais chegaram ao local, encontraram a menina morta no chão e com ela também encontraram um bilhete, no qual ela afirmava que tinha sido humilhada pela professora na escola.

Os sites de notícias locais informaram que, na escola, os demais estudantes comunicaram a menina sobre a marca de sangue em sua roupa. Neste momento, ela teria pedido ajuda. Contudo, a professora a obrigou que mostrasse a mancha para toda a turma. Ainda segundo a mídia local, a professora não considerou o fato de que havia homens dentro da sala.

“A professora ainda chegou a pedir que minha filha suspendesse a parte de cima do traje escolar. Após confirmar o sangue, ela ofereceu um pano de limpeza para usar no lugar de um absorvente”, afirmou a mãe da menina.

Tradição na Índia

Em todo o território indiano, meninas ou mulheres menstruadas são consideradas como impuras, além de sofrerem com constantes discriminação durante esse período.

Publicidade

Essa discriminação ainda resulta em diversas restrições, a ponto de serem proibidas de pisarem em templos religiosos e até mesmo de tocarem em algumas comidas [VIDEO].

Nas redes sociais aqui no Brasil, o assunto tem ganhado repercussão, com centenas de pessoas comentando o ocorrido. “Sabemos que as leis nesse país são bem diferentes das nossas aqui no Brasil, mas eu tenho certeza que, se essa menina fosse uma filha minha, eu faria essa professora pagar pelas consequências que ela acabou trazendo. Um absurdo total”, comentou uma internauta. “Pobre menina. Infelizmente, o mal aproveitou desta situação para ceifar essa vida. Que Deus conforte essa família e dê um bom lugar nos céus para essa menina”, comentou outro internauta [VIDEO]. #Suicídio na Índia