Publicidade
Publicidade

As crianças naturalmente são muitas curiosas em explorar o mundo ao seu redor. Muitas vezes, essas explorações envolvem embarcar em experimentos perigosos.

Foi exatamente o que aconteceu com um menino que levou sua curiosidade muito longe e teve que se submeter a uma cirurgia [VIDEO] para remover objetos de uma parte sensível do corpo.

Entenda o caso

O menino de 11 anos, que não teve o seu nome revelado, morador da província de Zhejiang, no Leste da #China, provavelmente estava curioso para saber a reação de seu corpo a objetos diferentes. Ele pegou toda a sua coleção de bolas de brinquedo magnéticas, chamadas buckyballs, e colocou diretamente na abertura da uretra.

Publicidade

Mas algo não saiu como ele planejou e teve que ir parar no hospital. Segundo informações divulgadas pela imprensa local, com o passar dos dias, o garoto relatou para seus pais que estava sentindo muita dor na hora de urinar e que seu pênis estava inchado.

Diante dos fatos, os pais do menino o levaram para o Yuying Children's Hospital, em Wenzhou. Segundo informações dos #Médicos que atenderam o garoto, as esferas magnéticas de neodímio bloquearam três quintos da bexiga do menino e o tubo uretral, causando inchaço e sangramento [VIDEO].

O cirurgião pediátrico responsável pelo atendimento, identificado como Wang Yongbiao, disse que empurrou as 26 bolas magnéticas para dentro da bexiga urinária do menino, uma a uma, usando fórceps. "As bolas estão agora alinhadas em duas colunas e ficaram presas na área posterior da uretra", explicou Wang.

Publicidade

A cirurgia para a remoção das bolas durou duas horas

Conforme relatos, o cirurgião que realizar uma cistostomia, que é a abertura temporária ou definitiva na bexiga, técnica frequentemente usada no passado em casos de retenção urinária. A cirurgia durou duas horas. O médico fazendo uma incisão cirúrgica na bexiga urinária para remover as buckyballs.

"Cada bola magnética tem um diâmetro de 3 milímetros (0,12 polegada) e quando se alinham em duas filas, sua largura duplica até 6 milímetros (0,24 polegada)", disse o Wang.

Médico adverte que as bolas magnéticas são um perigo para crianças pequenas

De acordo com ele, a cirurgia demorou muito devidas às bolas magnéticas serem muitas pequenas. Após a cirurgia correr tudo bem, Wang advertiu que buckyballs, também popular entre os adultos, poderia representar um perigo para as crianças pequenas [VIDEO].

“As crianças podem facilmente engolir ou colocar as bolas de ímã nas partes do corpo devido ao tamanho pequeno. Eu tinha anteriormente lidado com dois casos semelhantes em relação às bolas de ímã”, disse o médico. O que você pode dizer sobre esse incidente? Compartilhe suas reações e opiniões na seção de comentários abaixo. #Bizarro