Publicidade
Publicidade

Este ano, casos semelhantes já ocorreram na Índia.

Uma mulher sul-coreana, de 50 anos, virou notícia em todo o mundo por ter feito algo impensável e violento com o marido, de 54 anos.

Ela cortou o pênis [VIDEO] do marido e, para que não houvesse como o órgão sexual ser reimplantado, a mulher jogou o membro cortado na privada e deu descarga.

O motivo da violência deixou todos abismados

Muitos pensaram que o que levou a mulher cometer tal violência foi uma traição, mas o motivo foi bem mais simples.

A esposa declarou que cortou o pênis do marido e depois jogou na privada por um motivo bem mais simples: Ela estava irritada por o companheiro passar muito tempo jogando golf e no momento de raiva considerou que esta seria uma vingança à altura.

Publicidade

Além disso, a mulher falou ainda que o marido nunca lhe dava direito e que também já havia agredido ela.

Os vizinhos do casal contaram ao jornal britânico Daily Mail que acordaram com gritos pavorosos de dor do homem. Entretanto, nada mais pode ser feito.

Caso de violência extrema não é o primeiro este ano

Em maio deste ano, uma indiana, de 23 anos, também virou notícia por ter praticado o mesmo ato.

A mulher decepou com uma faca o pênis de , atacou Hari Swami, 54, um guru religioso que vinha estuprando a mulher há cinco anos.

Cansada de sofrer abuso, a jovem colocou uma faca debaixo do travesseiro. Acuada e cansada de ser agredida, a faca foi usada como defesa, mas acabou dilacerando o órgão genital do homem.

Ainda na Índia, Rita Yadav, de 28 anos, fez o mesmo com o marido, Ved Prakash, de 31 anos, no começo do ano, em janeiro.

Publicidade

O que a motivou nesse caso foi uma situação completamente diferente: A mulher cortou o pênis do marido por o casal não ter relações sexuais há 10 anos.

Por isso, ela acreditava que estava sendo traída e não queria que ele "usasse" o órgão com outra pessoa. Além disso, ela ansiava para ter filhos e o marido se negava.

A mulher contou que o marido sempre a ameaçou dizendo que teria uma relação extraconjugal e que mesmo ela implorando por sexo, ele fala que iria ter relações sexuais com outra pessoa.

O homem, que é taxista, chegou em casa após um dia de trabalho e foi para o chuveiro. Ao sair do banho, Rita bateu em sua cabeça com um moedor feito de pedra, o que o deixou inconsciente. Depois disso, ela foi até a cozinha pegar uma faca e cortou o pênis dele quase que totalmente.

Ved foi levado ao hospital em estado grave com o pênis quase totalmente arrancado. Mas, como foi atendido rapidamente teve o órgão recuperado pelos médicos. A mulher se entregou à polícia após o crime. #Violência sexual #Notícias do mundo