Nos Estados Unidos, mais precisamente no estado da Flórida, uma #Mulher chamada Rebecca McGraw pagou a um garoto de 15 anos para fazer sexo com ela ao menos doze vezes. Ela foi presa preventivamente por ter cometido ato sexual com menor de idade. Ela teria pago algo em torno de mil reais em cada encontro que teve com o adolescente. Para se livrar da #cadeia, McGraw terá que pagar uma fiança bem cara, algo em torno de 600 mil reais. Como se fosse pouco a prostituição do adolescente, ela ainda responde a outros crimes que também têm relação com o jovem.

Presa no último dia 25 de maio pelos policiais de Port St. Lucie, Rebecca foi acusada de atividade sexual com menor de idade.

Publicidade
Publicidade

Os detalhes foram dados pelo canal CBS12. Ao ser presa, ela admitiu que fez sexo com ele, que morava num complexo de apartamentos na cidade onde foi detida. Ela era gerente-assistente do local. Na ocasião, a mulher não assumiu que pagava ao jovem para fazer sexo com ele e disse que havia se relacionado “três ou quatro vezes” sexualmente com o jovem.

Depois de presa, a polícia decidiu investigar o caso e acabou descobrindo o que estava acontecendo de verdade. O menor de idade contou aos oficiais que havia conhecido a criminosa na primavera do ano de 2016 por estarem no mesmo complexo de apartamentos. Segundo o garoto de 15 anos, que não teve o nome divulgado, foi Rebecca quem demonstrou interesse nele primeiro quando se conheceram. Após isso, ele contou que visitou a casa da moça, onde tomava bebidas alcoólicas e fumava maconha, que eram dados pela criminosa.

Publicidade

O jovem contou que ele recebeu quantias entre 400 e 1300 reais por cada encontro sexual. Ele ainda tinha acesso ao cartão da moça.

O caso era bem íntimo entre eles e secreto, acima de tudo. Isso traz a todos a dúvida de como tudo chegou ao conhecimento da polícia.

Atualmente, a mulher aguarda ser julgada pela Justiça dos Estados Unidos, enquanto está presa na cadeia de St. Lucie.

É importante lembrar que este não é o primeiro caso em que uma mulher mais velha se relaciona com um menor de idade. Há, inclusive, uma esperança de que o julgamento de McGraw lhe renda uma pena mais pesada que as demais, afinal de contas, não foi apenas uma sedução, ela prostituiu o menor e lhe forneceu álcool e maconha, o que pode agravar a situação.

E você, o que acha deste caso grave? Deixe seu comentário sobre este artigo e compartilhe com os demais leitores sua opinião sobre a matéria.