Publicidade
Publicidade

Sean Donis, de 37 anos, é um americano que vive em New Jersey e teve a infelicidade de encontrar a esposa na cama com o seu patrão. E a infelicidade veio em dobro, porque esse homem, que trabalha como florista, não só descobriu a infidelidade, como ele ainda corre o risco de uma pena de vários anos na #cadeia, pela forma como ele foi descobrir a trapaça. De acordo com o jornal New York Post, Sean usou um aplicativo para rastrear o celular da esposa e foi assim que ele conseguiu descobrir onde ela estava. Após chegar ao local onde o aplicativo mostrava, ele encontrou Nancy dormindo com o amante. [VIDEO]

A situação desse homem ficou ainda mais difícil quando encontrou a esposa nua na cama com seu chefe.

Publicidade

Porém, quase tão grave quanto a traição é que esse homem enfrenta agora uma possível pena de até 15 anos de prisão por espionagem. "Sinto que é injusto o que eles estão fazendo comigo. É como se eu estivesse sendo punido duas vezes", disse Sean, em declarações para o jornal New York Post.

Quando chegou ao local, Sean ainda filmou pequenos vídeos de sua esposa com o patrão, Albert Lopez. Nas gravações, o marido diz que nunca mais poderia confiar nela depois do que fez com ele. Enquanto isso, Nancy pede para ele parar de gravar, e Lopez ainda se envolveu em uma pequena briga, pedindo para ele sair. "Não se preocupe, eu vou embora", diz Sean, no momento em que o vídeo termina e o homem, supostamente, voltou para casa, humilhado e furioso.

Sean descobriu que estava sendo traído em uma noite em que Nancy pediu para ficar com seu filho, de 5 anos, enquanto ela saía para um jantar com amigos.

Publicidade

Ele concordou, mas teria sido uma desconfiança que o fez instalar o aplicativo ‘’Find My iPhone’’, no iPad, para rastrear o iPhone de Nancy. Foi nesse momento que ele percebeu que ela não estava em Elizabeth, New Jersey, mas, sim, se dirigindo para Rockland. Por essa altura, Nancy estava trabalhando para Albert Lopez em um escritório de ortopedia em Clifton.

O marido havia reparado que ela nunca deixava seu celular a seu alcance, e que saía mais bonita para o trabalho. "Ela também perdeu muito peso", diz ele. Mas, foi nessa noite que Donis resolveu esclarecer tudo. Pediu a mãe para tomar conta do menino e saiu atrás da esposa. No local, encontrou o carro de Nancy estacionado e a porta de casa estava destrancada. Ele entrou e viu tudo o que mais temia. [VIDEO]

Depois disso, Nancy pediu o divórcio e seu casamento, de seis anos, terminou em fevereiro. Porém, em julho, Sean ficou sabendo que ele estava acusado por vigilância ilegal. Seu advogado de defesa diz que isso que ele fez é uma violação e não um crime, e que ele não pode ser punido por isso. No entanto, ele corre o risco de ser condenado a uma pena de prisão que pode ser de até 15 anos de prisão por perseguição e vigilância ilegal. Ele vai voltar ao tribunal no dia 20 de setembro. #Amante