Na terça-feira (5), após o Papa Francisco [VIDEO] ter embarcado com destino à Colômbia, ocorreu problema durante a viagem. Pois, devido as ilhas do Caribe estarem ameaçada pelo #Furacão Irma, foi necessária uma mudança rápida na rota do plano de voo do avião com o Pontífice a bordo, segundo divulgadas pela agência Reuters.

A assessoria de comunicação do Vaticano informou que inicialmente o plano seria que a aeronave da Alitalia sobrevoasse o território americano de Porto Rico, mas teve que mudar o caminho cruzando as ilhas de Barbados, Granada e Trinidad.

Nessa viagem, estava programado para o Papa passar cinco dias na Colômbia, seguindo pelas cidades de Bogotá, Villavicencio, Medellín e Cartagena, promovendo o fortalecimento do processo de paz naquela região.

Publicidade
Publicidade

Flórida (USA)

Na segunda-feira (4) Rick Scott, governador da Flórida, nos Estados Unidos, declarou estado de emergência em todos os 67 munícipios do estado, alertando a população sobre a chegada do furacão batizado de Irma [VIDEO]. Nesta quarta-feira (6), entrou em vigor a ordem que todos deveriam obedecer e evacuassem as casas das ilhas ao sul do estado, as Floridas Keys, além das outras cidades costeiras.

Houve suspensão de todos os pedágios para agilizar a fuga com maior rapidez na península. Scott twettou enfatizando que furacão Irma é mais devastador que o Andrew no período da tempestade, ressaltando que as casas dos moradores podem ser reconstruídas, mas a vida não. O governador ainda orientou para as pessoas deixarem de ir ao trabalho e estocar suprimentos e kits de desastre.

Porto Rico

Porto Rico foi o primeiro a ser atingido pelos fortes ventos na terça-feira (5).

Publicidade

O furacão já fez grandes estragos materiais nas ilhas de São Barth e São Martinho, no Caribe, pois, assim que tocou o solo na ilha de Barbuda, com ventos de até 295 km/h, causou vários danos, afetando o importante aeroporto internacional Princesa Juliana, localizado na ilha caribenha de São. Martin.

O furacão de categoria 5, a maior na escala Saffir-Simpson, segue caminho ameaçando Anguilla, as Ilhas Virgens, o Porto Rico e a Flórida. A agência meteorológica francesa sinalizou agitação do mar além de imensa submersão das zonas baixas do litoral.

Os fatos ocorridos em São Martinho é apenas uma prévia ideia do que poderá a população da Flórida vivenciar entre os dias (8 e 9), quando o Irma chegar com força devastadora naquele local. O Irma já provocou a morte de 10 pessoas no Caribe e deixou um rastro de destruição. #acidentes #Papa Francisco