Conforme uma reportagem publicada neste sábado (2), pelo portal de notícias britânico The Sun, uma professora foi presa pelas autoridades por ter flagrado o próprio esposo abusando sexualmente de duas crianças e não ter denunciado o caso para a #Polícia. A acusada de ter cometido o crime foi identificada como Tamy Lynn Pershing. Para a polícia, ela é a principal suspeita de ter pego no flagra seu esposo identificado como Douglas Pershing, abusando de duas crianças, [VIDEO] uma de 2 anos, e a outra com 4 anos e não ter acionado a polícia. A polícia informou que como ela é uma educadora ela tinha a obrigação de ter relatado o caso para as autoridades, coisa que ela não fez.

Publicidade
Publicidade

O esposo da professora foi preso sob uma acusação de agressão sexual em segundo grau. Ele está sendo acusado de realizar atos sexuais com uma garota de quatro anos. Porém, a vítima prestou o seu depoimento para a polícia, e revelou que outra coleguinha de 2 anos, também foi abusada pelo homem. Conforme relatos da imprensa local, o homem está preso em uma prisão da localidade sobre uma fiança de US $ 30 mil (cerca de R$ 97 mil). Uma estação de TV local relatou que o esposo da professora [VIDEO]é um autor auto-publicado de uma série de ficção científica para jovens adultos chamado Shifters.

Já a sua esposa é uma professora de línguas da sexta série, na Arkansas Arts Academy. Ela foi presa sob a acusação de falha em notificar as autoridades sobre o incidente, colocando em risco o bem-estar de um menor.

Publicidade

O canal de notícias relata que a professora, ao flagrar o esposo cometendo os atos ilícitos, apenas disse para ele parar e não fazê-lo novamente, mas não fez nada mais sobre denunciá-lo. Douglas e Tamy Pershing foram presos pelo Departamento de Polícia Bella Vista e levados à prisão do Condado de Benton. A polícia local não informou se as duas vítimas de violência sexual passaram por exames para confirmar se houve conjunção carnal.

Outro caso semelhante aconteceu em Manaus. Na ocasião, um casal foi preso por ter abusado sexualmente da própria filha, um bebê de apenas 7 meses de idade. O crime aconteceu na última quinta-feira (31), dentro de um motel na localidade. Segundo a polícia, a vítima já vinha sendo abusada [VIDEO]há algum tempo. E os abusos eram praticados pelo pai da vítima, um homem de 45 anos, e aconteciam com o consentimento da mãe da criança, uma mulher de 24 anos, esposa do acusado. O que você pode dizer sobre esses dois incidentes? Compartilhe suas reações e opiniões na seção de comentários abaixo. #Bebê