Publicidade
Publicidade
5

Segundo informações divulgadas pela rede BBC, uma mulher [VIDEO] italiana se casou com ela mesma (não, você não leu errado) em uma grande cerimônia que continha tudo aquilo que pode ser encontrado em uma festa de #Casamento tradicional – exceto o noivo, é claro.

Laura Mesi, instrutora de fitness de 40 anos de idade, usou um modelo do mundialmente famoso vestido de noiva branco para selar o matrimônio "solo" em uma celebração presenciada por 70 convidados, com direito até a damas de honra e a um bolo de três andares – em cima do qual havia a decoração de uma "noivinha" sozinha, segurando um buquê.

De acordo com a BBC, Mesi afirmou que acredita firmemente na ideia de que, antes de tudo, as pessoas precisam amar a si mesmas, e sobre o seu inusitado casamento, ela comentou: "Você pode ter um conto de fadas mesmo sem o príncipe".

Publicidade

A ideia do casamento

Laura Mesi teve a ideia do auto-casamento (conhecido pelo termo sologamia, cujos defensores dizem se tratar de amor próprio e aceitação de si mesmos) em 2015, depois que um relacionamento de 12 anos de duração – com outra pessoa, diga-se de passagem – chegou ao fim. A mulher italiana revelou ao jornal La Repubblica que disse aos seus amigos e familiares que se não encontrasse sua alma gêmea ao completar 40 anos de idade, selaria o matrimônio com ela mesma.

No entanto, a instrutora de fitness não descarta a possibilidade de compartilhar a vida com alguém especial, mas mesmo assim ressaltou que seu bem-estar precisa efluir dela mesma – e não de outras pessoas –, pois afirmou: "Se um dia eu encontrar um homem com quem possa planejar um futuro eu ficarei feliz, mas minha felicidade não depende dele".

Publicidade

Mesi postou várias fotos da cerimônia em sua página pessoal no Facebook, e entre as felicitações enviadas pelos usuários da rede social, algumas pessoas teceram comentários negativos, tais como "tão triste", "você está fora de si" e "há algo de errado com seu cérebro". Contudo, ela rebateu as críticas afirmando que 'nada e nem ninguém pode tirar o seu sorriso'.

Mas mesmo se dizendo feliz com o que fez, a mulher italiana reconheceu em entrevistas concedidas a alguns veículos de comunicação que este tipo de casamento – que não possui peso legal – não é apropriado para todo mundo. Segundo a BBC, Mesi revelou que para se unir a si mesma, uma pessoa necessita de três coisas distintas: certa quantia em dinheiro, o apoio das pessoas ao redor, e – acima de tudo isso – "uma pitada de loucura". #Itália #Europa