Publicidade
Publicidade

A marca Dove, que vende produtos de higiene, acabou pedindo desculpas, após uma campanha internacional de sabonete que tiraria toda a sujeira da pele. No vídeo divulgado pelo Facebook oficial da empresa, uma mulher negra tira uma blusa suja e transforma-se em uma mulher branca. Internautas, como mostra uma matéria do jornal 'O Globo' publicada nesta segunda-feira (9), comentaram que a marca estava dizendo que o seu sabonete fazia clareamento de pele e deu a entender que ser negro era ter sujeira no corpo.

Sabonetes Dove aparecem em campanha polêmica e marca pede perdão por racismo

O anúncio foi muito criticado e o nome da #Dove chegou a ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Publicidade

No microblog de 140 caracteres, a marca recebeu mutias críticas. Alguns consumidores disseram que a companhia deveria ser boicotada pela terrível ação #racista, o que fez a própria empresa, mais tarde, pedir desculpas pela sua campanha.

Dove faz campanha preconceituosa e internautas pedem boicote

Através do Twitter, a empresa disse que se arrepende profundamento do que acabou fazendo e que teria errado profundamente o alvo ao retratar mulheres negras. O vídeo que mostra a negra tornando-se branca com sabonete da Dove virou um dos assuntos mais bizarros dos últimos temas. Naomi Blake, uma famosa maquiadora, compartilhou a campanha e fez críticas pesadas ao que ocorria. Foi então que o caso viralizou em todo o mundo.

A maquiadora fez questão de fazer críticas muito graves ao que estava sendo anunciado pela marca de produtos de higiene pessoal e a sua reclamação acabou sendo um sucesso nas redes sociais.

Publicidade

"O que diz às pessoas negras? Que somos julgadas pela cor da nossa pele e que isso inclui o que é considerado beleza neste país", destacou Naomi. Parte da mídia internacional pontuou que a propaganda foi publicada na página britânica da marca.

Não é a primeira vez que a Dove se envolve em uma polêmica do tipo. No ano de 2011, a marca já havia retratado mulheres de forma parecida. Ao mostrar como ficava a pele antes e depois, mulheres negras e brancas foram retratadas. A palavra 'ANTES' foi usada para retratar a consumidora negra, enquanto a 'DEPOIS' foi usada para identificar a consumidora branca. O caso teve a defesa da companhia, que disse que várias mulheres foram retratadas com o antes e depois.

Veja abaixo um vídeo que mostra a ação publicitária que diz que limpa até a pele das pessoas, transformando negra em branca.