A foto do argentino Lionel Messi atrás das grades vestindo roupas de prisioneiro e com um olho sangrando mostra claramente que o grupo Estado Islâmico está pronto para atacar a #Copa do Mundo 2018, que será disputada na Rússia. A Wafa Media Foundation, órgão que faz propagandas jihadistas, publicou um cartaz fazendo ameaças ao maior torneio de futebol do mundo com um poster do jogador acompanhado de frases ameaçadoras."Você está lutando contra um Estado que não tem 'fracasso' em seu dicionário", dizia o cartaz. E complementava: "Apenas terrorismo".

A publicação do cartaz foi feita nesta terça-feira (24) através do Intelligence Group, especialista em monitorar mensagens vindas de grupos jihadistas na web.

Publicidade
Publicidade

Outras ameaças ao mundial já aconteceram. Recentemente, a Wafa capturou e divulgou a imagem de um soldado do EI empunhando um fuzil e observando o estádio Luzzhniki, na cidade de Moscou. onde acontecerão várias partidas de futebol. Ao lado da imagem, uma frase de vingança prometia que os inimigos de Alá na Rússia iam arder no fogo dos mujahideen (soldados que dão a vida pela religião acreditando na promessa que serão recompensados no paraíso). "Apenas esperem!".

O Wafa também é o autor de um artigo publicado há pouco tempo em que estimulava os "lobos solitários" no Ocidente a atacarem em massa, como aconteceu no tiroteio de Las Vegas, que matou 59 pessoas e deixou mais de 500 feridos. Segundo denuncias do Intelligence Group, o EI seria responsável pelo ataque, em julho, no torneio de tênis de Wimbledon, além do massacre que ocorreu na saída do show da cantora Ariana Grande, que resultou em 22 jovens mortos, em maio, na cidade de Manchester.

Publicidade

A Rússia, ao lado de outros países, como, Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, França e Holanda lutam arduamente contra o grupo terrorista, lado a lado com o regime de Bashar Assad, na Siria.

Estado Islâmico

O grupo ficou conhecido internacionalmente após divulgar um vídeo decapitando o jornalista norte-americano James Foley. O grupo terrorista surgiu em 2013, a partir de pessoas que discordavam da Al-Qaeda, do Iraque e da Siria. Os terroristas tentam implantar a doutrina islâmica sedimentada no medo e terror, levando o pânico e realizando ataques mortais em diversas partes do mundo. O grupo é liderado por Abu Bakr al-Baghdadi.

O Estado Islâmico é considerado atualmente como o principal grupo armado terrorista do mundo. #Lionel Messi #Ataque Terrorista