Publicidade
Publicidade

Um caso incrível está chocando toda a localidade do Barreiro, em #portugal. Uma jovem de 18 anos foi celebrar seu aniversário junto com seu pai, no último sábado, dia 30 de setembro, quando acabou vivendo uma experiência inacreditável. Filha de pais separados, a garota foi para casa de seu pai, onde acabou sendo estuprada. A jovem conseguiu ligar para sua mãe, mas os policiais precisaram de quatro horas para planejar bem um esquema para deterem o homem. Nesse momento, o alegado agressor está na cadeia, aguardando por novas medidas do tribunal.

O alegado estupro aconteceu após o jantar. A jovem foi celebrar seu 18º aniversário junto com seu pai e seus irmãos mais novos.

Publicidade

De acordo com a TVI, o jantar teve álcool, e no final, eles regressaram à casa do pai, onde tudo aconteceu. As crianças teriam seguido logo para suas camas para dormirem. O pai aguardou algum tempo, possivelmente para que as crianças pegassem no sono e, pouco depois de sua filha também se deitar, ele abusou da jovem. Após isso, ele foi se deitar em sua própria cama.

Polícia conseguiu libertar as crianças

Foi nesse momento que a menina avisou sua mãe por mensagem. A mulher não perdeu tempo e se dirigiu imediatamente para a casa de seu ex-marido, junto com a força policial GNR e os bombeiros locais. Eles bateram na porta, mas o homem, junto com um cachorro de raça pastor alemão, se recusou em abri-la. Ele estava possivelmente nervoso com a situação e temia a entrada dos policiais em sua casa.

Publicidade

Porém, enquanto ele estava distraído pelos militares na porta, dois outros oficiais conseguiram entrar por outra porta lateral da casa, e conseguiram libertar as crianças e também a suposta vítima. Quando estavam todos em liberdade e em segurança, eles conseguiram finalmente deter o homem, que foi levado para a delegacia. O homem vai agora aguardar até que o juiz decida quais medidas serão aplicadas.

Entretanto, a menina foi levada para o Instituto de Medicina Legal de Lisboa, onde foi examinada na sequência dos alegados abusos. Os resultados desse exame serão decisivos para o desenvolvimento de todo o processo.

No momento, ainda não foi confirmado se a jovem foi ou não estuprada [VIDEO], mas a resistência desse homem em abrir a porta não seria favorável em sua defesa. Isso poderia significar que ele teria culpa em tudo isso, mas no momento, a única evidência que existe é mesmo o testemunho da jovem, que apenas queria celebrar seu aniversário junto com seu pai e seus irmãos menores.

A presença de álcool nesse homem também foi examinada, mas os resultados ainda não são de conhecimento público e também podem ser um fator decisivo para esse suposto crime. #Caso de polícia #Polícia