Publicidade
Publicidade

Um caso estarrecedor aconteceu na Flórida, nos Estados Unidos. Uma mulher que pesa 150 quilos está sendo acusada de ter matado uma criança de apenas 9 anos de idade. A mulher teria sentado sobre a criança como uma forma de castigá-la, mas a punição acabou resultando na morte da garotinha.

A mulher acusada de ter cometido crueldade e assassinado um menor [VIDEO]tem 64 anos e foi presa. A mulher é identificada como Veronica Green Posey. A polícia de Cambria confirmou que a vítima era prima de Veronica.

Telefonema é feito para o serviço de emergência

O serviço de emergência recebeu um telefonema e imediatamente uma equipe de oficiais de Justiça e paramédicos foram encaminhados para a casa de Veronica.

Publicidade

O caso foi divulgada na terça-feira (17).

Ao chegarem à residência, a acusada de ter cometido o homicídio [VIDEO]afirmou que a criança estava fora de controle e, por esse motivo, ela se sentou sobre a menina Dercika Lindsay como uma forma de puni-la.

A criança não conseguia respirar

O relatório da polícia afirma que durante o momento que Posey se sentou sobre a criança, ela passou a não conseguir mais respirar normalmente. Dercika teria dito a Veronica que não conseguia respirar. Quando a mulher de 64 anos se levantou, a criança já estava sem vida.

Ainda de acordo com o relatório da polícia, a acusada tentou ressuscitar a criança e chamou o serviço de emergência. Porém, quando a equipe de paramédicos chegou ao local, a criança já estava morta e não havia mais nada a fazer. No relatório, os pais da criança também foram acusados de negligência.

Publicidade

O motivo dos pais terem sido acusados a é pelo fato deles terem chamado Veronica para ir a casa deles para ajudá-los a disciplinar a criança. Antes de Veronica sentar sobre a criança, ela a atingiu a garotinha com um tubo de metal ou uma régua.

População fica indignada com o homicídio e comenta nas redes sociais

A notícia de que uma garota de apenas 9 anos foi morta pela própria prima revoltou os moradores da cidade. Nas redes sociais, as pessoas clamavam por justiça. Os internautas se assustaram quando tomaram conhecimento que os pais da criança presenciaram o incidente e permitiram que tudo acontecesse.

A população pediu nas redes sociais para que a Justiça prenda todos os envolvidos nesse homicídio. Muitos internautas que têm filhos comentaram que ficaram horrorizados com o fato do pai e da mãe não impedir que a mulher de 64 anos sentasse sobre a criança.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo de temas com relevância para a nossa sociedade. #Caso de polícia #crime bárbaro #morte de criança