Publicidade
Publicidade

O #Papa Francisco ganhou um presente que qualquer um que seja amante de carros sonharia em receber. Um exemplar exclusivo do supercarro #lamborghini Huracán. O presente, que vale mais de 200 mil euros, foi recebido no dia 15 de novembro e apresentado numa cerimônia simples realizada pela Santa Sé com a presença de representantes e diretores da marca Lamborghini. O veículo tem pintura branca com detalhes em linhas douradas, seguindo o desenho da bandeira do Vaticano.

O Santo Padre autografou o veículo e logo anunciou: Vai doar o carro para obras de caridade. O possante, cujo valor em reais ultrapassa a quantia de R$ 780 mil, já está em poder da casa de leilões Sotheby's.

Publicidade

Espera-se que por ter sido abençoado pelo Papa o supercarro seja arrematado por um valor bem maior que esse. O leilão ainda não está agendado.

O valor arrecadado com a venda do poderoso Lamborghini será dividido entre vários projetos de assistência. Parte vai para obras de reconstrução de casas e locais de cultos em Nínive, no Iraque, para ajudar os cristãos que fugiram da guerra. O restante será dividido entre associações italianas que atuam na África, entre essas um grupo de cirurgiões; e também para uma associação italiana que ajuda as vítimas de redes de prostituição e tráfico de mulheres.

O carro dos sonhos

A versão Huracán foi lançada em 2014 e continua em produção. Utiliza como base de motorização o bloco do Lamborghini Gallardo, um V10 de 5.2 litros de cilindrada. A potência anunciada é de 610 cv e o veículo vai de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e chega aos 200 km/h em apenas 9,5 segundos.

Publicidade

No Brasil, por conta dos impostos e outras taxas de importação, uma Lamborghini Huracán não sai da loja por menos que R$ 1,85 milhão.

Não é a primeira vez que um presente desse porte chega ao Papa e acaba convertido em dinheiro para os pobres e necessitados. Em 2013, o Papa ganhou de presente uma motocicleta Harley-Davidson modelo Dyna Super Glide, dada a ele em comemoração aos 110 anos da marca Harley-Davidson. A moto foi a leilão em 2014 e rendeu R$ 785 mil para projetos assistenciais.

O Papa [VIDEO] Francisco tem se diferenciado dos seus antecessores por evitar pompa e luxo em eventos e no dia-a-dia das atividades do Vaticano. Logo no início do seu mandato papal, Francisco ordenou que as limusines usadas por seus predecessores fossem deixadas de lado e optou por usar um Ford Focus azul como carro de trabalho. As limusines não foram doadas por pertencerem diretamente ao Vaticano e estarem relacionadas como bens históricos. #Automobilismo