Publicidade
Publicidade

Um homem foi preso por supostamente matar uma jovem e a filha dela de cinco anos após a mulher se recusar a ter relações sexuais com ele. Conforme relatos, na noite do crime, o homem havia dado abrigo em sua casa para as vítimas. A #Polícia local identificou o homem como Hasan Jeha, de 30 anos, residente do distrito de Rangae, na Tailândia. Para a polícia, ele é o principal suspeito de ter assassinado [VIDEO] Bismi Sulong, de 27 anos, e sua filha, Nasarin Mama, de 5, que veio do distrito de Cho Airong.

Homem mata mulher após se recusar a ter relações sexuais com ele

De acordo com o chefe da polícia, Ronnasil Phusara, em uma coletiva de imprensa na última quinta-feira (9), Hasan foi detido no início da terça-feira (7).

Publicidade

Segundo Ronnasil, o acusado admitiu ter matado a mãe e a filha antes de descartar seus corpos sob uma ponte a cerca de 2 quilômetros de sua residência. Os corpos das vítimas foram encontrados por um residente que passava pelo local no sábado (11). A polícia afirmou que uma câmera de segurança na área havia capturado Hasan levando os corpos das vítimas [VIDEO] para o local onde ele os descartou.

Homem usa uma faca para matar mãe e filha

A polícia apreendeu do suspeito uma faca com manchas de sangue, um fogão a gás que supostamente usou no crime e algumas roupas, sapatos e outros itens pessoais pertencentes às duas vítimas, disse Ronnasil. As investigações da polícia apontaram que Bismi e sua filha haviam fugido de casa devido a problemas domésticos. Diante disso, o suspeito convidou as duas a ficarem na sua residência durante a noite e ambas concordaram, de acordo com a polícia.

Publicidade

Porém, por volta de 1 hora da madrugada de sábado, o acusado disse ter feito uso de drogas e ficou sexualmente excitado, pedindo a Bismi que fizesse sexo com ele.

A mulher, por sua vez, se recusou a ter relações sexuais com o acusado. Revoltado, o homem pegou uma faca e supostamente a esfaqueou, em seguida, jogou a mulher contra um fogão a gás. Ele também matou a filha que acordou durante o incidente, de acordo com a polícia, acrescentando que o sujeito mais tarde carregou os corpos das vítimas em uma carretinha lateral ligada à sua motocicleta até uma ponte [VIDEO].

Acusado de matar mulher é viciado em drogas

A polícia disse que o acusado é um viciado em drogas e estava desempregado, enquanto Bismi era uma ex-esposa de um velho conhecido da polícia que foi assassinado pelas autoridades no ano de 2013. Após a conferência de imprensa, o suspeito foi levado para uma nova reconstituição do crime. O caso continua sendo investigado pela polícia.

Qual a sua opinião sobre esse duplo homicídio? Deixe-nos seus pensamentos na seção de cometários logo abaixo. #Violência sexual #Caso de polícia