CORRENTE DA VERGONHA

O estado de Roraima vive uma verdadeira aberração, um estado da Federação Brasielria, fechado por 12 horas devido a uma corrente que impede que o cidadão brasileiro ultrapasse por 12 horas, ficando isolado do restante do país, fica na área indígena dos índios Waimiri-Atroari, isso ocorreu devido ao período em que o Exército estava construindo a estrada e colocaram esta corrente pra que enquanto estava construindo a via (BR 174), não trafegasse e atrapalhasse os homens de concluirem a obra, no entanto até hoje os indigenas mantém essa corrente vergonhosa para o povo brasileiro, fere a Contituição Brasileira em seu direito de ir e vir, como cita o no art. 5, XV, CF onde diz que é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens.

Em outro país onde as leis são levadas a sério, este fato já tinha sido resolvido, vale resaltar que o direito as terras originárias dos índios é legitima, mas o direito do brasileiro de trafegar nela também é, por isso não tinha mais que existir essa corrente que tanto envergonha quem mora nesse pedaço da Amazônia, que pertence a toda a população brasileira.