Depois que a Peugeot - Citröen colocou algum colaboradores no Pat a 4 Meses por motivo de crise nas vendas e da fabrica . Demitindo vários funcionário para redução de custo , agora com negociações com sindicato , abriu a demissão voluntaria para 650 colaboradores . Por motivo da crise de vendas que ela esta enfrentando no mercado automobilístico , nos últimos anos , segundo o responsável da Fábrica de Porto Real rj , com a redução de compra do países vizinhos como Argentina e Chile , Com uma unidade na Argentina pelo qual esta querendo que todos os carros seguam produzido no Pais para assim sair da crise , bloqueando assim alguns unidades e modelos produzido em Porto Real rj .Assim na Ultima quinta feira esta negociação foi levada em pauta nas negociações da unidade de Porto Real rj - AS negociações tem como abjetivo reduzir o quadro do funcionário e assim reduzir custo , para o pessoal que estão no Pat também esta abertos para eles , A empresa esta dando alguns Benefícios para quem quer sair por esta medida como uns do acordo R$ 4000,00 + Um Salário por Ano + Auxilio De plano de saúde , e etc .

Publicidade
Publicidade

Além dos 600 Colaboradores Demitidos antes das negociações agora estão sendo mais 650 dando um total aproximado de 1250 funcionários demitidos da unidades , assim acabando com 1° turno na fabrica de Porto Real - rj

Também Teve redução de produção de carros , motores , fabricação de blocos e cabeçote , segundo o novo diretor e para não ter estoque , mais a crise esta tomando conta no mercado , este mês segundo o boletim informativo tem um aumento na vendas de 6 % então novos acordos que estão em andamento com o Pais vizinho Argentina , mais será que a crise vai acabar mesmo , sendo que estão mandando embora os colaboradores .