Direito Penal protege os Direitos Humanos; mas o Direito Humano das pessoas de bens e não só dos bandidos como a grande maioria das pessoas pensam.

Defendemos que lugar de bandido é na cadeia, e que o principal objetivo da prisão é coibir a criminalidade e não apenas ressocializar, como pregam alguns doutrinadores, que aproveitando se da máxima de que cadeia não ressocializa e impregna na sociedade que não adianta prender o bandido, porque na cadeia ele não será recuperado. Hora tudo bem, não se recupera mesmo, mais não é só isso que a sociedade espera das autoridades, espera acima de tudo punição para os bandidos que comentem crimes.

Em países evoluídos não existe esse negócio de crime primário e de bons antecedentes para criminosos.

Publicidade
Publicidade

Cometeu crime é criminoso, seja primário ou não. Aqui no Brasil com a idéia de crime primário, passa a impressão de quem nunca matou, pode matar alguém. E a sociedade de tanto ouvir isso começa a aceitar essa insanidade. E o pior de tudo é que juízes que podem arbitrar penas condizentes com os crimes cometidos. Por exemplo, no crime de homicídio, Art. 121 CP, está exposto "Matar alguém" pena: "Reclusão de seis a vinte anos", sabe o que acontece quando o juiz vai arbitrar a pena? Ele coloca sempre seis anos, ou seja, o mínimo e aí o réu recebe vários benefícios e logo está solto na rua passando para a sociedade a sensação de impunidade. Se a pena é de seis a vinte anos, porque então, não arbitrá-la em dez anos, por exemplo. Medo de um tribunal superior reformar sua decisão? Deixa reformar e daí? É preciso mudar isso.

Publicidade

A lei apesar de falha existe e se bem aplicada pode ajudar e muito a combater a sensação de impunidade que existe entre a sociedade.

Cada dia que passa a criminalidade aumenta mais e a sociedade nada faz para mudar essa situação. Não dá para aceitar pessoas serem mortas todos os dias por nada em todo lugar desse país. Direitos Humanos para os bandidos? E para os cidadãos de Bens? Vamos lutar para aplicação do Direito Penal de verdade, exigindo do Estado que cumpra seu papel. Faça valer o Direito Penal como está tipificado no código. Assim estaremos defendo os Direitos Humanos, Direito e Liberdade de sair de casa e poder voltar sem ser assaltado ou assassinado na rua por nada. Direito de ver punido quem comete crime. Mata, rouba, estupra: esses bandidos precisam ser presos. Não só para ressocializar, mais sim, para serem punidos e servir de exemplo para que outros não façam o mesmo. Se der para recuperar bem, mais se não, pelo ou menos eles não estarão liberados para cometerem outros crimes.