Quem diria, o Brasil, país do futebol, quatro vezes campeão do mundo, viria a repudiar a Copa com tanta veemência como temos visto na mídia atualmente. Muitas pessoas vão às ruas e as redes sociais para protestar contra a campeonato, mas o que essa gente não percebe é que agora é um pouco tarde para toda essa balburdia em torno do evento. As pessoas estão transferindo suas frustrações com a falta de investimento em educação, saúde e segurança, que já vem de longa data, para a Copa. Vemos claramente que foram feitos investimentos altíssimos para a realização do evento e acredita-se que tenha havido muita corrupção em torno das construções e reformas dos estádios e obras estruturais das cidades que receberão os jogos, mas hoje, as vésperas da Copa, não faz muito sentido lutarmos contra o evento que, a essa altura, é praticamente inevitável. 

Se não estamos satisfeitos e queremos realmente lutar contra o que foi feito de errado em relação a organização da Copa do Mundo, além de todos os problemas que temos vivenciado a anos em nosso país, devemos aproveitar a oportunidade que teremos em outubro, durante as eleições, para irmos às urnas para manifestar toda a nossa insatisfação.

Publicidade
Publicidade

Não podemos nos esquecer que sempre fomos conhecidos como um povo acolhedor, que sabe receber bem os povos de outros países e acho que devemos tentar manter esta reputação, pois assim daremos a estes turistas a chance de ver como o povo brasileiro é hospitaleiro, além de dar a eles motivo para retornar ao Brasil.