Navegando outro dia pelas redes sociais, me deparei com um link de um comunicado do Hospital Stella Maris, sobre o fechamento da Maternidade e da UTI Neo-Natal. Este comunicado me chamou atenção pelo fato de, assim como eu, tenho parentes ou a própria pessoa que já contava com este serviço prestado por este hospital, no meu caso, minha irmã, então resolvi verificar...

Em uma das páginas do site deste hospital, consta uma divulgação do Plano de Maternidade. De acordo com esta página, o hospital "garantirá comodidade e segurança para você e para o seu bebê". Bem, como um hospital que divulga em uma página de seu site que "a partir do dia 01 de Agosto de 2014, não oferecerá mais os serviços de Maternidade e UTI Neo-Natal" poderá garantir esta segurança em outra página do mesmo site?

Segundo o comunicado, o fechamento da maternidade se deve ao "alto custo de manutenção gerado pela Maternidade".

Publicidade
Publicidade

Bem, ao meu ponto de vista, não tem sentido uma instituição que coloca em seu site que tem como MISSÃO E VALORES, "Defender e promover a vida humana desde a concepção até o seu declínio natural, desenvolvendo ações que promovam o bem estar físico, psíquico, social e espiritual, com profissionais qualificados e tecnologia atualizada, buscando a excelência na qualidade do atendimento, ensino e pesquisa de forma humanizada e com comprometimento social."

Pode estar enganada fechando uma ala de maternidade e UTI Neo-Natal onde começa uma vida, além do mais, divulgando a maternidade como serviço prestado em outra página de seu site, pode estar enganando a população que se interessa em procurar estes serviços. Além de tudo, se este hospital pretende encerrar estes serviços, como eles mesmos dizem, para investirem em outros serviços, isto não é sinal de progresso, e sim uma maneira antiquada e materialista de pensar.

Publicidade

Progresso, como a própria palavra diz, é progredir, avançar, crescer, e não trocar ou permutar.

Eu conheço este hospital desde criança, o vi crescer, aumentar sua estrutura, já fui atendido nele, é um ótimo hospital. Lamento agora vê-lo passar por esta mudança, além do mais, porque é uma instituição que atende tanto pelo sistema do SUS como particular.

As pessoas da região merecem serem avisadas sobre esta mudança de outras maneiras, não simplesmente com um edital divulgado em rede social ou de outra maneira simples, porque levou anos para a população confiar nos serviços deste hospital e não é em poucos dias que as pessoas irão se adequar a estas mudanças.

Minha irmã, assim como outras pessoas que fazem o pré-natal neste hospital e contam com ele para dar a luz a seus filhos, não ficaram sabendo desta decisão e agora estão preocupadas com a integridade e saúde de seus filhos que estão para nascer. Onde está o respeito com seus pacientes?

Para finalizar, espero que a direção do Hospital Stella Maris não feche a maternidade e a UTI NEO-NATAL, e decida usar outras maneiras de ampliar seus serviços para outras especialidades, como eles mesmos falam em seu comunicado.

Publicidade

Não prejudicando a população da região e os pacientes que já sonham com o nascimento de seus filhos neste hospital, porque, afinal, nossa saúde é um Direito nosso e não um Comércio.