A adolescência é um momento de transição normalmente difícil. O ser humano não é adulto, nem criança.

É uma fase onde acontecem muitas mudanças que afetam o corpo, o sexo, a área psíquica e as relações sociais. É muita linda pois aí acontecem muitas descobertas. São muitas experiências vividas. Também ocorrem as incertezas e as inseguranças, daí a necessidade do diálogo.

O diálogo com o adolescente deve ser intenso. A partir deste ponto ele perceberá que as mudanças que estão acontecendo em sua vida são normais.

Por que dialogar com o adolescente? Por que não podemos de forma alguma dispensar-lhe o carinho? Justamente porque as buscas por novas experiências são intensas, além dos conflitos interiores em larga escala.

Publicidade
Publicidade

Daí o motivo de usarmos também da atenção e paciência. Através destes conflitos que as drogas são ingeridas.

Deveria ser uma fase de descobertas de rumos de vida profissional, de participação em cursos que levassem à descoberta de vocação. Mas infelizmente o quadro atual mostra outra realidade. As amizades maduras, tranquilas, oriundas de famílias íntegras deveriam fluir de maneira natural.

É triste ver a presença da polícia na vida dos adolescentes. Mais triste ainda ver um tráfico de drogas de todo tipo, tão intenso, onde vidas estão sendo destruídas em todos os sentidos.

Fico pensando em minha filha. Agradeço a Deus pelo trabalho de conscientização sobre o uso das drogas desenvolvido em sua escola. Como a polícia tem desenvolvido este trabalho!

Peço a Ele para que seu caminho seja diferente.

Publicidade