Não se pode mais fechar os olhos e fingir que não se está sentindo o quão a elevação da temperatura no meio ambiente tem incomodado a todas nós espécies (♂ ♀) humana, claro, só percebe isso as pessoas vivas, pois as mortas nada sentem, nada percebem, nada as incomoda, e nada querem fazer em prol de si mesmas e/ou das outras pessoas.

Estão dizendo por aí que uma nova reunião mundial será realizada em breve, com objetivo de discutir os rumos que a humanidade deve "tomar" em relação à conservação do meio ambiente, pois os sinais de que algo precisa ser feito têm sido iminentes em praticamente todos os lugares do planeta terra.

Publicidade
Publicidade

Que é preciso fazer algo todos estão vendo para nossa sobrevivência, e das espécies que estão por vir, ou seja, vivermos bem, com todo o direito que temos de viver e gozar do que a natureza nos proporciona, mas observando e implementando o mesmo direito à população futura. Muitos chamam isso de desenvolvimento sustentável.

Quando se fala em fazer algo não se quer dizer que é preciso "tocar mais lenha" na fogueira e produzir "n" tipos diferentes de protetor solar, ou produzir produtos contra as ameaças de certos tipos de raios ou expandir espaços à criação de áreas à moda praia, e muito menos se quer dizer que essa é mais uma oportunidade de negócio, de lucratividade. NÃO! Toda espécie humana precisa participar (pode ser cada um a seu modo e limite) de alguma forma, para no mínimo ajudar a natureza a compensar-nos com menos danos, pois ou fazemos isso AGORA ou ao que tudo indica teremos muita dor de cabeça não no futuro, mas muito, mas muito em breve.

Publicidade

Alguém se lembra de Nostradamus e suas profecias loucas? Não está-se apelando para o conhecimento humano e/ou para o desconhecido, mas só não vê a coisa quem não quer enxergar que algo está na iminência de ocorrer conosco em função das respostas da natureza e é preciso rever AGORA conceitos, paradigmas, crenças, valores, politicagens, o "levar vantagem em alguma coisa", principalmente o econômico, etc., em todos os quatro cantos do planeta terra, isso porque a maré não está para peixe, ou seja, estamos pagando um preço que ainda não é tão alto porque estamos tapando nossos olhos e fingindo que não estamos enxergando, mas até quando faremos isso? O silêncio também é uma forma de resposta.