No dia dez de Junho de dois mil e quatorze, a Polícia Militar de Minas Gerais - Quinquagésima sexta BPM promoveu a entrega dos certificados do curso PROERD, cujo objetivo era orientar os alunos sobre as consequências da violência e do uso das drogas. O evento aconteceu em Itajubá - Minas Gerais e contou com a participação dos alunos de primeira à oitava séries das Escolas Municipais, Estaduais e Particulares.

Familiares dos alunos também puderam prestigiar a programação.

Foi dado início com a execução do Hino Nacional Brasileiro tocado pela banda da Polícia Militar.

Dando prosseguimento foram ministradas brincadeiras com os alunos, no intuito de descontraí-los, além da entrega de prêmios para as melhores redações com o tema: Violência e uso das drogas.

Publicidade
Publicidade

As arquibancadas do Ginásio Professor Tigre Maia, popularmente conhecido como Tigrão, estavam repletas.

Pode-se perceber que os familiares dos alunos estavam satisfeitos pela participação da Polícia Militar no processo de educação de seus filhos.

É fundamental hoje que os alunos ainda jovens tenham conhecimento das consequências das drogas e da violência na família e na sociedade, para que possam trilhar seus caminhos.

É importante salientar que o conhecimento adquirido levará estes alunos a serem direcionados a verdadeiras escolhas. Além do que, é de grande valia perceber, que quanto mais cedo for lançada a semente, mais cedo acontecerá a produção de vistosos frutos.

Vale lembrar que quanto mais pessoas estiverem inseridas no trabalho de combate às drogas, a sociedade só tenderá a ganhar. Consequentemente as famílias se sentirão mais aliviadas no processo de educação de seus filhos, pois encontrará grandes parceiros para poder auxiliá-las.

Publicidade

O trabalho é grande e penoso, por isso deve contar com o apoio de todos: Governo, Igreja, Família e Sociedade.

A Polícia Militar lançou a semente. A produção das sementes lançadas pode ser de cinquenta, setenta ou cem por cento, depende de todos nós.

Vimos aqueles rostinhos entusiasmados com os certificados nas mãos. Tomara que tudo o que tenham aprendido não caia no esquecimento com o passar dos anos. Tomara que a produção das sementes seja de cem por cento.