Pode-se dizer que muitas espécies (♂♀), ao contrário dos tempos de outrora tem assistido diversas formas de esnobismo por parte de alguns profissionais quem, ao invés contribuir para o crescimento e a divulgação do conhecimento às pessoas que não tiveram a oportunidade de ir à escola, tem preferido é praticar o esnobismo e/ou o exibicionismo profissional, e o pior: aparentam não saber de nada, inclusive a Responsabilidade Técnica (RT) que possuem diante o que fazem para seus clientes. Esnobismo, de acordo com alguns autores, é uma forma de se colocar superior às pessoas humildes e valorizar pessoas que se acham da elite.

Mencionar isso parece loucura, mas o(s) resultado(s) da(s) mazela(s) tem sido vistos praticamente em todos os lugares limítrofes de certas nações, e os danos ao que é sólido, líquido, gasoso, comportamental, moral, natural, etc., como consequência parecem se multiplicar praticamente todo dia.

Publicidade
Publicidade

Quem ganha ou perde com o exibicionismo profissional? Claro e evidente que é quem pratica tal coisa, pois aos poucos as pessoas têm se comportado de forma seletiva, ou seja, conscientes de seus direitos e de deveres tem selecionado quem pode lhes servir ou solucionar essa ou aquela questão tanto em benefício próprio, quanto ao de outrem.

Em certa região existe uma edificação denominada pela mídia de "balança, mas não cai", e essa condição permaneceu por muitos e muitos tempos até se chegar a uma conclusão que "não cairia". Ótimo. Parabéns pela decisão, mas outras têm afundado trincado, espantado, mortificado e/ou produzido vítimas com sequelas temporárias e até permanentes etc., seja ao mundo animal ou não.

Alguém pode até questionar a RT do responsável, mas vale lembrar que tudo tende ser uma reação em cadeia, ou seja, a responsabilidade, por exemplo, da Indústria da Construção Civil se inicia na extração e/ou obtenção de Matéria-Prima e vai até a entrega final do projeto, mas nesse ínterim muitas profissões se relacionam, se interagem, e são responsáveis, seja nas áreas administrativas, nas áreas técnicas, de serviços etc., portanto, a responsabilidade pela realização de um projeto é de vários profissionais em suas profissões e não dessa ou daquela posta em destaque.

Publicidade

Em áreas da saúde se pode atribuir o mesmo raciocínio em função da complexidade que é essa atividade primeira e última para todos nós na humanidade. Mas em outras e mais outras atividades e/ou profissões o comportamento, o comprometimento, o envolvimento das pessoas, e a valorização profissional deve ser o mesmo, isso por parte de todos, ou seja, das pessoas interessadas, das arroladas, e da sociedade seja essa qual for e/ou vier a ser no tempo atual e no que poderá vir no futuro. Poderá? Sim! Nada e/ou ninguém está pode atribuir certeza alguma aos dias de amanhã, isso considerando o atual estágio de nossa evolução.