Toda criança deveria ter um pai, não biológico, pois todas os têm, mesmo as de proveta tiveram um pai. Quero dizer um pai presente, um pai ativo, aquele que sai junto, leva para o parque, para jogar bola, que pega na mão e conduz no caminho certo, aquele que embala, acarinha, ensina, aquele que escuta sem imposição de idéias, que não é prepotente, que mostra as direções, as opções, sem ordenar qual delas seguir.

Não é o pai do dinheiro, o pai do poder, do mando e desmando, do pode e não pode, é somente um pai, cujo coração não esquece, mostra que seja o que for, venha o que vier, ele estará sempre lá. Aquele que tem sempre tempo para estar presente, trabalha pelo sustento, os mimos, os luxos, mesmo que sejam pequenos, serão sempre com amor.

Publicidade
Publicidade

Um pai é figura marcante, daquelas que jamais saem da memória, com lembranças boas e ruins, por isto ser pai é papel importante, têm-se que dar exemplo de vida, de caráter e personalidade. Um pai para o filho, é super-herói, é mágico, poderoso. Ele pode voar, nadar em águas profundas, lutar contra os vilões, salvar o planeta e ainda, por fim, descobrir novos mundos, onde ele fará dos filhos os reis e rainhas de seu coração.

Hoje em dia ser pai é ser publicitário, ir para o bar com amigos e fazer propaganda: "tenho dois filhos"..."meu filho é isso, meu filho é aquilo"...é trabalhar até tarde e só chegar pra comer e dormir, é ver o tempo passar e não ter tempo à perder, é ligar a televisão para ver aquele "timão" jogando, e nem notar no sofá ao lado, um jogador de verdade, já com a bola nas mãos, só esperando um aceno e um "vamos lá meu filhão".

Publicidade

Ser pai hoje não é fácil, é tanta conta a pagar, tanta coisa para pensar, mas amanhã será tarde, aquela criança que hoje vê no seu pai um herói, no amanhã será homem e já nem se lembrará do pai, que não esteve presente e quando quiser se chegar, o tempo terá passado e  esse filho "ingrato", não terá tempo a perder, pois atrás da sua vida estará, correndo atrás do dinheiro, com tantas contas a pagar, o pai será só o pai, terá perdido o encanto do grande herói das histórias, que com suas mãos de gigante, foi protetor e mentor.

No dia dos pais lá vão todos, comprar presentes, pagar almoços para toda a família, presentes são bons, quem não gosta? Mas só presente não basta, um dia só é tão pouco, não seria muito melhor se todo o dia fosse dia de pais e filhos juntos, sem precisar sair, somente ficar em casa, comer pipoca e ver filmes, brincar de pique-esconde, dar risadas, ler histórias, o pai vendo o filho crescer e o filho levando na memória as lembranças de como era bom ser criança, tendo o seu pai ao seu lado, e quando esse filho crescesse, saberia ser pai e ter pai, seria bom para os filhos e mostraria aos filhos o avô que um dia foi herói, e continua a ser Pai.         #Educação