Morreu nessa quarta feira (13/08/2014) o candidato à Presidência da República Brasileira, Eduardo Campos, que tinha 49 anos de idade. Eduardo Campos era líder do partido PSB e tinha uma vasta carreira política. Campos, como era chamado pelos seus amigos, também era governador de Recife Pernambuco. Campos era um economista graduado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Campos era neto do também político Miguel Arraes de Alencar Eduardo Campos, que fez história na carreira política por onde passou, e sua morte repentina e precoce deixa seus eleitores abatidos e sem uma saída para as próximas eleições.

A pouco tempo de se realizar mais um feito histórico em sua carreira política, Campos deixa tudo o que sonhou para trás depois de sofrer um grave acidente de avião.

Publicidade
Publicidade

Com ele na aeronave se encontravam mais seis pessoas, nas quais todas vieram a falecer. Testemunhas contam que uma grande bola de fogo cortava o céu de Santos SP e logo em seguida pode se ouvir uma grande explosão. Ninguém se dava conta que naquele momento estaria morrendo um dos candidatos com maior intenção de votos. Ele estava em terceiro lugar na pesquisa sobre intenção de votos. Campos tinha ainda uma carreira promissora e seria com certeza uma grande base da política do Brasil.

Eduardo Campos deixa esposa e filhos e uma bela carreira política, e assim mais uma vez um grave acidente tira a vida de mais uma pessoa, que segundo estatísticas é agora o terceiro político a morrer pouco tempo antes das eleições concorrentes. A família e amigos lamentam a morte de um grande líder partidário e a Presidente Dilma declarou luto oficial no Brasil por três dias seguidos.

Publicidade

O ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, amigo pessoal do governador Eduardo Campos, disse que de hoje em diante a política brasileira não será mais a mesma sem um grande líder que era Eduardo Campos.

O país parou ao saber da morte do candidato Eduardo Campos e milhares de pessoas estão se mobilizando para dar o último adeus ao seu candidato, que muitos de seus eleitores disseram que não têm ele apenas como líder político mais sim como um grande amigo e cidadão que foi. Agora é apenas aguardar para se saber quem irá assumir a candidatura de Presidência da República. A futura vice-presidente Marina Silva é uma forte candidata a presidência, e o povo aguarda a notícia se será ela que assumirá a candidatura à presidência em lugar de Eduardo Campos.

Um líder político não se identifica pela suas promessas mas sim pela sua carreira transparente e bem sucedida diante de um país que acredita na renovação. #Televisão