O novo paradigma do desenvolvimento sustentável insere-se no contexto do movimento denominado onda verde. É um movimento amplo que envolve as empresas e todos os seus stakeholders, como governo, mídia, clientes, fornecedores,sindicatos, sociedade e todos os mobilizados na defesa do meio ambiente. A mídia dá destaque ao tema ambiental em seus diversos diários e em matérias especializadas divulgadas em jornais, revistas e programas de televisão e na internet.

A onda verde é um movimento que se alastra em todo o mundo e em todas as direções. Ser verde, nos dias atuais, é ser politicamente correto, estar ciente dos problemas emergenciais prioritários, ter consciência ecológica, exercer cidadania e ser uma pessoa inserida e engajada na defesa dos ideais e no enfrentamento dos desafios dos novos tempos.

Publicidade
Publicidade

O debate sobre desenvolvimento sustentável como crescimento econômico e preservação ambiental, ganha novos adeptos a cada dia e se torna o fator gerador de novas ideias, projetos e tecnologia. As empresas estão entrando cada vez mais na onda verde, porque pressionadas pelo governo, monitoradas pela mídia e vigiadas pela sociedade, não têm outra alternativa, a não ser esverdearem seus produtos e marcas. No entanto existe o risco da miopia do verde, praticada pelo radicais verdes ambientalistas de diversas organizações atuantes. O radicalismo verde por um lado luta em prol da natureza, mas por outro lado, impede o crescimento econômico ao se levantar contra os investimento de diversas atividades econômicas.

Os radicais verdes não são partidários da instalação de indústrias sustentáveis, pois sua visão miope do verde impede de visualizar os benefícios socioconômicos gerados pelo país.

Publicidade

Pelo contrário, analisam os empreendimentos, a degradação ambiental e os projetos de incluir atividades de reflorestamento locais e regionais.

O verde ambiental tornou-se  o ícone da nova economia e do novo paradigma do desenvolvimento sustentável. As empresa fazem sua parte, investem em ações socioambientais  e lançam produtos verdes. A onda verde é uma tendência irreversível e as empresas que querem sobreviver em seus respectivos  mercados e #Negócios devem se adequar a essa novas tendências.