Os  contribuintes brasileiros pagam mais de sessenta tributos, que incidem tanto sobre a renda, como o imposto de renda, para pessoa física e empresa. A contribuição previdenciária e tantos outros impostos embutidos nos preços dos produtos e serviços, como o ICMS e o IPI, além da tributação de patrimônio (IPTU e IPVA), e outras taxas de limpeza pública, iluminação, coleta de lixo etc.

O país tem a segunda maior carga tributária da América Latina, ficando atrás apenas da Argentina, mesmo assim ainda continua com números ruins. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT, depois de cinco meses trabalhando para pagar impostos, o brasileiro começa a trabalhar para si. 

Na tributação dos produtos e serviços de um estado para outro há muita diferença, o preço da gasolina no Distrito Federal, é três reais e quinze centavos o litro, em quase todos os postos. No Estado de Goiás há uma grande disparidade de um município para outro, ou uma melhor concorrência. Você anda uns quatrocentos quilômetros e vê uma variedade de preços, entre dois reais e setenta e nove centavos a dois reais e noventa e cinco centavos no preço do litro de combustível.

No Brasil, a história dos tributos teve início no começo 1500, Logo depois de sua descoberta, Portugal já impôs pagamento de impostos por tudo que era produzido e exportado na colônia. Analisando hoje uma compra pode se dizer que trinta por cento do valor dos itens adquiridos são impostos. Teria que ter um sistema de imposto único, valor fixo para todos os produtos e serviços.

Foi criado o impostômetro que mede o valor diário dos impostos, é uma carga muito grande de impostos impedindo o crescimento e desenvolvimento das empresas, onde muitas não conseguem completar nem dois anos abertas. Terminam fechando ou mudando de ramo, pesquisas mostram que em cada dez empresas abertas por ano apenas setenta por cento delas permanecem no mercado, devido à alta carga tributária.

Conclui-se que, os valores dos tributos cobrados não são aplicados corretamente, não tem um retorno esperado pelo contribuinte que precisa de melhorias nos serviços de saúde, educação, segurança  pública, saneamento básico e um transporte público decente #Trabalho