Existe uma maneira prática de controlar os gastos no comércio de todo o Estado de São Paulo, que é através de um sistema ligado a Secretaria da Fazenda, a chamada Nota Fiscal Paulista. Ao efetuar uma compra e estar inserido no sistema, o consumidor pode exigir a Nota Fiscal Paulista no comprovante de sua compra. Este sistema ajuda os comerciantes a economizar no armazenamento de documentos fiscais e no combate a produtos pirateados, dando a eles maior isonomia e justiça fiscal.

Dos demais locais que se encontra a Nota Fiscal Paulista são eles; padarias, farmácias e muitas lojas de diversos setores, os produtos também podem ser diversos como remédios, comida, roupas, presentes, o que deve ser claro é que é que todos os consumidores tem esse direito.

Publicidade
Publicidade

Funciona assim: logo após o recolhimento do ICMS pelo estabelecimento, a Secretaria da Fazenda deposita o valor proporcional da compra referente ao CPF registrado, este é um dos demais benefícios para o consumidor.

Outros benéficos como a utilização dos créditos na redução do valor do débito do IPVA, podem ser transferidos para conta corrente ou poupança dentro do prazo de cinco anos, a participação dos consumidores neste sistema ajuda o governo no combate à sonegação fiscal, e o melhor é que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo realiza todos os meses sorteios de prêmios em dinheiro para os consumidores que participam do programa.

Para participar basta ter registro no sistema, fazer o cadastro no site oficial da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo com nome e senha, seu endereço eletrônico e sempre que efetuar uma compra pedir a Nota Fiscal Paulista e enfim entrar no site e aderir ao regulamento, e claro torcer para ser sorteado, os prêmios que os consumidores concorrem são de R$ 10, 00 que já é um valor agradável à R$ 50, 000, que é com certeza um valor que alegra.

Publicidade

Vale a pena, pois em datas comemorativas os prêmios chegam ao valor de R$ 200,000, então não fique fora desta boa oportunidade. E atenção certifique se de não adicionar na Nota Fiscal Paulista as compras de bebidas alcoólicas e cigarros, pois estes produtos cancelam seus créditos. #Negócios #Educação